Festival beneficente no Rio para ajudar vítimas no RS une Krisiun, LAC, Desalmado e Savant

Parte do cachê do evento marcado no Circo Voador para esta sexta-feira (10) será destinada ao "auxílio dos necessitados"; haverá também coleta de doações

O Krisiun anunciou que a apresentação do trio marcada para esta sexta-feira (10), no Circo Voador, no Rio de Janeiro, terá caráter beneficente. O show, que reunirá LAC, Desalmado e Savant como atrações convidadas, contará com um ponto de coleta para doações às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul.

Além disso, parte do cachê da banda será destinada ao “auxílio dos necessitados”, segundo o guitarrista Moyses Kolesne. Em vídeo publicado no Instagram (via Whiplash), o músico detalhou quais itens serão aceitos e como ajudar. 

- Advertisement -

Alimentos não perecíveis, como macarrão, feijão, soja, arroz e café, além de água potável e materiais de higiene estão entre as prioridades. Ele declarou:

“Vamos estar coletando doações de alimentos não perecíveis, água potável, material de higiene, material de limpeza, para enviar para o Rio Grande do Sul e auxiliar aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade. Pra você que não adquiriu a meia solidária [em que é obrigatório levar 1 kg de alimento] e quiser contribuir, pode trazer sua contribuição, vai ser muito bem-vinda. Vamos nos unir e dar força a esse estado do Rio Grande do Sul que está passando por esse momento tão dramático.” 

Krisiun no Circo Voador 

O Krisiun chega ao Circo Voador com a turnê “Mortem Solis”, cujo repertório foca nas músicas do disco de mesmo nome e nos clássicos da carreira. De acordo com a Tomarock Produções, responsável pela organização, às 20h, acontece a abertura dos portões e o início do set da DJ Laryh.

Depois, às 20h20, sobe ao palco o Savant, que comemora 25 anos de trajetória. Então, às 21h20, toca o Desalmado, seguido por, às 22h20, a LAC. Por fim, às 23h40, é a vez da atração principal. Os ingressos seguem à venda na Eventim

Chuvas no Rio Grande do Sul

De acordo com o G1, o número de mortes confirmadas decorrentes das fortes chuvas que caem no Rio Grande do Sul subiu para 107. Outro óbito está em investigação para confirmar se há relação com os eventos meteorológicos da última semana. No momento, o número de desaparecidos chega a 136 pessoas.

Ao todo, são 425 municípios gaúchos atingidos pelos temporais, com mais de 1,4 milhão de pessoas afetadas. Além disso, o levantamento aponta que há 374 feridos.

O número de óbitos superou a última catástrofe ambiental do estado em setembro de 2023, quando 54 pessoas perderam a vida devido a passagem de um ciclone extratropical. As autoridades afirmam que este é o pior desastre climático da história gaúcha.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

Leia também:  As diferenças entre Cliff Burton e Jason Newsted, segundo Robert Trujillo
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasFestival beneficente no Rio para ajudar vítimas no RS une Krisiun, LAC,...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades