A curiosa razão que levou Jimi Hendrix a ser demitido da banda de Little Richard

Parceria entre as lendas teve início no final de 1964, sendo encerrada na metade do ano seguinte

Antes de se tornar o guitarrista mais inovador da história, Jimi Hendrix acompanhou artistas como músico de apoio. O mais famoso foi Little Richard, justamente conhecido pela denominação “o arquiteto do rock and roll”. O problema é que o instrumentista já tinha noção de seu valor, fazendo com que o choque de egos fosse inevitável.

A parceria teve início em novembro de 1964 e se acabou em julho do ano seguinte. Na biografia “The Life and Times of Little Richard: The Authorised Biography”, escrita por Charles White, o cantor e pianista explicou como o músico apareceu em seu caminho.

- Advertisement -

Conforme resgate da Guitar World, ele disse:

“Meu ônibus estava estacionado na Avenida Auburn, em Atlanta, Geórgia. Jimi estava hospedado neste pequeno hotel e veio nos assistir. Ele me viu e adorou a maneira como eu usava essas bandanas no cabelo e como me vestia de maneira selvagem.”

“Eu demiti Hendrix”

Após várias turnês e shows, ficou claro que o holofote principal era pequeno demais para ambos. Coube a Robert Penniman, irmão de Richard, se livrar do futuro astro.

“Eu demiti Hendrix, que usava o nome de Maurice James desde que o conheci. Ele era um ótimo guitarrista, mas nunca chegava na hora combinada. Estava sempre atrasado para o ônibus, flertava com as garotas e coisas assim. A situação atingiu o auge em Nova York, onde estávamos tocando no Apollo e Hendrix perdeu o ônibus para Washington, DC. Finalmente consegui que Richard o liberasse.”

Leia também:  O ícone do rock que deixa Angus Young arrepiado, segundo o próprio

Apesar dos pesares, Jimi não deixou de reconhecer a importância do ex-patrão. Em uma entrevista posterior, chegou a dizer:

“Quero fazer com a guitarra o que Little Richard faz com sua voz.”

Little Richard e Jimi Hendrix, a batalha (de egos)

Em outro momento, Graham Nash lembrou de um ataque de estrelismo de Richard com Hendrix. Aconteceu em 1965, quando o The Hollies abriu para o astro. Ele disse ao The Times, também em repercussão da Guitar World:

“Ao final do show, Little Richard gritou: ‘Nunca mais toque sua maldita guitarra atrás da cabeça, não me ofusque, eu sou Little Richard.’”

Além de Little Richard, Jimi Hendrix acompanhou Wilson Pickett, Sam Cooke, Ike & Tina Turner, Curtis Knight, The Isley Brothers e Jackie Wilson antes da consagração individual. Faleceu em 1970, deixando uma curta e até hoje influente discografia.

Richard Wayne Penniman ainda viveria mais meio século, vivendo do legado que construiu nos primórdios do rock. Morreu em 2020, decorrência de um câncer nos ossos, aos 87 anos.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA curiosa razão que levou Jimi Hendrix a ser demitido da banda...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades