Como Eddie Van Halen superou vício em seus anos finais, segundo Wolfgang

Vontade de aproveitar a experiência de fazer música com seu filho ajudou no processo, além de deixar para trás o drama pelo qual o Van Halen era notório

Sobriedade foi algo que o saudoso Eddie Van Halen conseguiu após muita luta. E, de acordo com seu filho, Wolfgang, a relação dos dois serviu como motivação para o guitarrista superar seus vícios.

­

- Advertisement -

O líder do Mammoth WVH participou de um episódio recente do podcast “I Never Thought It Would Happen” (transcrição via Guitar). Durante o papo, falou sobre as batalhas do pai com álcool e drogas.

Wolfgang entrou para o Van Halen em 2007, substituindo Michael Anthony no baixo. Apesar de ter convivido com os excessos do pai desde criança, a experiência da estrada mudou sua percepção. Ele disse:

“Crescer vendo e tendo aquilo à minha volta me deixou meio ingênuo quanto à severidade daquilo, até que cheguei numa idade na qual pude entender de verdade, por volta do início da adolescência, e presenciar seus problemas quando entrei pro Van Halen.”

Eddie Van Halen ficou sóbrio em 2008. Wolfgang atribuiu isso ao desejo dele de fazer música com o filho.

“Acho que o desejo dele foi de ficar sóbrio para passar tempo comigo, e poder aproveitar o fato de fazer música comigo e encontrar alegria nisso, ao invés do drama bem notável pelo qual o Van Halen ficou famoso ao longo dos anos.”

Responsabilidade do filho

Por fim, o músico de 33 anos reconheceu a responsabilidade que teve ao longo dos anos de ajudar a manter a sobriedade do pai, que faleceu em 2020.

Leia também:  Accept despeja hinos, entrosamento e heavy metal na essência em Brasília

“Acho que uma das principais coisas de eu fazer parte da banda era ser sua estrutura de apoio. Vício é uma doença, e é uma doença horrível que tinha um controle forte sobre ele, mas ele se livrou de tudo, e eu fiquei muito orgulhoso do jeito que ele ficou sóbrio.”

Sobre Eddie Van Halen

Nascido em 26 de janeiro de 1955, em Amsterdã, nos Países Baixos, Eddie Van Halen veio de família musical, visto que seu pai tocava piano, clarinete e saxofone. Mudou-se para os Estados Unidos em 1962.

Na década seguinte, formou com seu irmão, o baterista Alex Van Halen, a banda que carregava o sobrenome de ambos. A formação clássica também incluía David Lee Roth nos vocais e Michael Anthony no baixo.

Eddie chamou a atenção com seu estilo de guitarra inovador, introduzindo novas formas não apenas de tocar, como também de configurar e utilizar equipamentos. Além de grande curioso pela parte eletrônica, era também pianista, o que influenciou sua abordagem no instrumento.

Leia também:  A curiosa única sequela deixada em Dinho Ouro Preto por queda de palco em 2009

Em 1978, o Van Halen assinou um contrato de gravação com a Warner e lançou seu álbum de estreia homônimo, que não demorou a se tornar um sucesso. A partir daí, uma trajetória de sucesso foi consolidada, seja com Roth ou com seu substituto nos vocais, Sammy Hagar.

Além de seu trabalho com o grupo que carrega seu sobrenome, Eddie Van Halen colaborou com outros artistas renomados, como Michael Jackson, Brian May (projeto Star Fleet), Gene Simmons (Kiss), Black Sabbath, Roger Waters, entre outros.

Faleceu em 6 de outubro de 2020, aos 65 anos, após uma longa batalha contra o câncer. Em seus últimos anos, apesar da reclusão e ausência dos palcos, planejou fazer uma turnê final com todos os músicos que haviam passado pelo Van Halen.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesComo Eddie Van Halen superou vício em seus anos finais, segundo Wolfgang
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades