Show gratuito de Madonna em Copacabana é confirmado

Apresentação será a única da cantora americana na América do Sul em sua atual turnê

O tão comentado show de Madonna no Brasil foi confirmado nesta segunda-feira (25). A apresentação será gratuita na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, no dia 4 de maio, às 21h45. Haverá transmissão ao vivo pela TV Globo, Multishow e Globoplay.

Trata-se da única performance da artista em sua próxima visita à América do Sul. Além do banco Itaú, que tem a americana como sua garota-propaganda, a iniciativa envolve a produtora Bonus Track e a marca de cervejas Heineken.

- Advertisement -

O Itaú, inclusive, já havia antecipado na última semana que Madonna viria ao país. A empresa publicou um vídeo da cantora em suas redes sociais, com a breve legenda: “Brasil, estou chegando em breve”.

Madonna no Brasil

Ainda em novembro, Madonna havia dito em um show que viria ao Brasil. Contudo, nenhum detalhe surgiu até os últimos dias, com vazamento das informações apontadas por Lauro Jardim para o jornal O Globo.

Outro jornalista, Leo Dias, havia publicado em novembro último que a cantora negociava uma apresentação na próxima edição do Rock in Rio — evento patrocinado pelo Itaú Unibanco. Ao que tudo indica, porém, o show no festival não deve ocorrer.

Esta será a quarta visita da artista para se apresentar. Antes, ela veio em 1993, 2008 e 2012. Na ocasião mais recente, realizuo quatro performances: uma no Rio de Janeiro, duas em São Paulo e uma em Porto Alegre.

“The Celebration Tour”

Atualmente, Madonna está em turnê com seu espetáculo “The Celebration”, onde celebra 40 anos de carreira. A excursão teve início em outubro, na Europa. Desde dezembro — e até o próximo mês de abril —, a América do Norte se mantém na rota.

O início da tour foi adiado em alguns meses após a cantora de 65 anos ter contraído uma séria infecção bacteriana. Durante show recente em Los Angeles, ela relatou ter sido uma experiência de “quase-morte”.

“No último verão (no hemisfério norte), tive uma surpresa. Seria… uma ‘experiência de quase-morte’. Não estou brincando. Foi muito assustador. Obviamente, fiquei quatro dias sem saber, porque estava em coma induzido. Mas quando acordei, a primeira palavra que disse foi: ‘não’. Foi o que minha assistente me contou. E tenho certeza de que Deus estava me dizendo: ‘Você quer vir conosco? Você quer vir comigo? Você quer ir por aqui?’ E eu disse: ‘não, não’.”

Shows que mais reuniram público em Copacabana

Madonna se tornará uma das poucas grandes artistas que tiveram o privilégio de se apresentar no local. Outros shows com artistas de renome que aconteceram na praia conseguiram bater a marca de um milhão de pessoas — e podemos esperar que o mesmo aconteça com a cantora, caso o evento seja mesmo oficializado.

E quais são, exatamente, os shows que mais reuniram público na praia de Copacabana? Confira a seguir, a partir de um levantamento feito pelo O Globo complementado pelo site.

Os shows que mais reuniram público na praia de Copacabana

Rod Stewart – 3,5 milhões de pessoas

Durante a virada de ano de 1994 para 1995, Rod Stewart se apresentou nas areais de Copacabana e fez história. Afinal, seu show foi o que teve mais público entre os realizados no local, com a presença estimada de 3,5 milhões de pessoas.

Acredita-se que este foi o show gratuito com maior público da história, recorde compartilhado com uma apresentação de Jean-Michel Jarre em Moscou, que aconteceu em 1997. Chegou a entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes.

Sobre a apresentação, Stewart declarou em 2023 ao “Fantástico”, da TV Globo:

“O mais impressionante é que todo mundo canta em inglês. Isso não acontece em nenhum outro lugar. Na Alemanha eles às vezes até tentam. Mas no Brasil, todo mundo sabe todas as músicas.”

Jorge Ben Jor – 3 milhões de pessoas

Também em uma virada de ano (neste caso, de 1993 para 1994), Jorge Ben Jor se apresentou em Copacabana, em noite que também teve Tim Maia no palco. Estima-se que o artista tenha cantado para um público aproximado de 3 milhões de pessoas.

Um relato do jornal Folha de S. Paulo destaca:

“As 3 milhões de pessoas – estimadas pela Polícia Militar e pela organização – viram pela primeira vez a cascata de fogos montada nos 400 metros do paredão do forte Copacacabana, no canto direito da praia. Os fogos do forte criaram a ilusão de que uma cachoeira iluminada desaguava no mar. Após os fogos, a atenção do público se voltou para Ben Jor. Da 0h30 às 2h o artista botou o povo para dançar. Antes do show, Ben Jor jogou flores no mar, em reverência a Iemanjá.”

Rolling Stones – 1,2 a 1,5 milhão de pessoas

Em 18 de fevereiro de 2006, os Rolling Stones também tocaram na praia de Copacabana. O evento fazia parte da turnê “A Bigger Bang”, à época o disco mais recente do lendário grupo britânico. O grupo Titãs, o DJ Marcelo Janot e o grupo AfroReggae abriram a ocasião.

Segundo os levantamentos feitos na época, Mick Jagger e companhia tocaram para um público cuja estimativa variou entre 1,2 milhão e 1,5 milhão de pessoas. Em 2022, a gravação foi lançada no álbum “The Rolling Stones: A Bigger Bang – Live on Copacabana Beach”.

O jornal Folha de S. Paulo reportou:

Os integrantes do Rolling Stones chegaram à praia por meio de uma passarela, construída especialmente para unir o palco e o hotel Copacabana Palace, onde os músicos e uma comitiva com mais de 150 pessoas estarão hospedados. O show de hoje foi um resumo de todas as fases da carreira dos Stones. O megaevento, que conta com 21 músicas, foi aberto com a canção ‘Jumpin’ Jack Flash’, de 1972 (sic). Jagger apareceu usando calça preta e uma jaqueta prateada. Depois da primeira performance, arriscou um ‘olá Rio, olá Brasil’, para emendar a segunda composição.”

Black Eyed Peas – 1 milhão de pessoas

Bastante identificado com o público brasileiro, o Black Eyed Peas também está entre os que realizaram performance em Copacabana, o que aconteceu na virada de 2006 para 2007. Em meio a uma apresentação chuvosa, o grupo americano tocou para um público aproximado de 1 milhão de pessoas.

Alok – 1 milhão de pessoas

Em agosto de 2023, o DJ brasileiro Alok, um dos principais nomes da música eletrônica mundial, foi mais um nome de peso a se apresentar em um dos grandes cartões postais do Rio de Janeiro.

Sua apresentação, batizada de “O Show do Século”, celebrava tanto o centenário do famoso hotel Copacabana Palace quanto seu próprio aniversário de 32 anos. Em torno de 1 milhão de pessoas prestigiaram o DJ.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

Leia também:  Symphony X anuncia 3 shows no Brasil para julho
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasShow gratuito de Madonna em Copacabana é confirmado
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades