A curiosa forma como Aquiles Priester cria suas linhas de bateria

Processo acaba acontecendo com o músico longe de seu instrumento, em meio a sessões de academia guiadas pela faixa que precisa gravar

Dono de técnica e velocidade impressionantes, Aquiles Priester estabeleceu-se como um dos maiores bateristas de metal do mundo. E tão difícil quanto tocar suas linhas de bateria é criá-las.

Agora, o músico contou como geralmente isso ocorre. O processo não é nada convencional, pois é desenvolvido com ele longe do instrumento.

- Advertisement -

Em seu canal no YouTube, Aquiles publicou um making-of das gravações de “Rise of the Phoenix”, música da banda brasileira Auro Control, que conta com sua participação. De início, ele falou um pouco sobre seu trabalho na faixa, ocupando a função de convidado.

“Muitas vezes, eu e o Thiago (Bianchi, produtor e vocalista do Noturnall), quando a gente vai fazer gravações assim, que sabemos que nunca mais eu vou ter que tocar na minha vida, eu geralmente só escuto a música pra ter uma ideia de arranjo e crio na hora da gravação juntos (…) Mas quando você vai fazer um negócio de vídeo, você vai gravar um videoclipe pra galera usar depois, você tem que realmente praticar, e eu pratiquei bastante essa música, e peguei gosto rapidinho, o refrão dela é cativante pra car***o, gruda na cabeça.

Em seguida, Priester compartilhou o inusitado detalhe sobre seu processo criativo.

Leia também:  Festival em São Paulo anuncia show de Lauryn Hill para julho

Quando eu vou para as minhas sessões de academia, eu fico lá malhando 1h15 e sempre escuto muito uma música antes de gravar. E aí você começa a criar os arranjos na cabeça, e eu sempre crio os arranjos fora da bateria, e aí quando eu chego pra tocar a música, ela já não é mais estranha.”

Auro Control, Aquiles Priester e “Rise of the Phoenix”

“Rise of the Phoenix” estará presente em “The Harp”, disco de estreia da Auro Control. O álbum ainda não tem data para ser lançado, mas é esperado ainda para o primeiro semestre de 2024.

Leia também:  Flea se arrepende de baixos quebrados em shows do Red Hot Chili Peppers

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasA curiosa forma como Aquiles Priester cria suas linhas de bateria
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades