Ace Frehley aciona fumaça na guitarra por acidente durante show em cruzeiro

Músico acabou se atrapalhando todo com o momento inesperado durante “Cold Gin”, clássico do Kiss

Um dos números mais conhecidos nos shows de Ace Frehley desde os tempos de Kiss acontece quando sua guitarra solta fumaça dos captadores. O truque já é utilizado há quase meio século, o que não significa que não irá falhar de vez em quando. Como foi o caso na recente edição do Monsters of Rock Cruise.

Enquanto executava “Cold Gin”, o músico acabou acionando o artifício antes da hora. Surpreso com o ocorrido, o Spaceman acabou se atrapalhando um pouco no momento, precisando da ajuda dos colegas de banda para se manter no compasso.

- Advertisement -

A situação pode ser conferida em filmagem amadora clicando aqui. A partir do 53º segundo, Ace pode ser visto aparentemente tocando por engano um knob falso que controla o mecanismo de fumaça.

O truque da fumaça

Em recente entrevista ao Cassius Morris Show, transcrita pelo Blabbermouth, Ace contou como criou a ideia nos anos 1970.

“Eu tive a ideia de fazer uma guitarra fumegante em nossa primeira turnê, então, coloquei bombas de fumaça dentro do pequeno compartimento de uma Les Paul. Costumava acender com um isqueiro, mas acabou estragando todos os controles de volume e tom. Recorri a um engenheiro e ele fez um captador falso na ponte. Usamos amianto para não prejudicar a madeira com o calor. Você vê alguns daqueles vídeos dos anos 70 e estou envolto em fumaça. A guitarra que estou usando agora não solta tanta fumaça porque é neblina.”

Para dar certo e manter tudo em segurança, foi preciso adicionar outro componente. Ele explica:

Leia também:  Disney parece antecipar novo projeto sobre os Beatles

“A razão pela qual tenho que usar gelo seco é porque para fazer algo assim, é preciso que um bombeiro aprove. E às vezes diziam: ‘você não pode usar suas bombas de fumaça esta noite porque pode haver um incêndio’. Conheci um cara e ele disse: ‘a Alemanha fabrica essas pequenas máquinas de gelo seco’. Acabei instalando na parte de trás da minha guitarra e funcionou.”

Outros truques usados durante a carreira envolvem o disparo de fogos de artifício através do braço da guitarra – derrubando um holofote estrategicamente instalado para a ocasião – e fazer o instrumento sair voando, permanecendo pendurado acima do palco até o final do show.

Leia também:  Festival em São Paulo anuncia show de Lauryn Hill para julho

Ace Frehley e “10,000 Volts”

No último dia 23 de fevereiro, Ace Frehley lançou o álbum solo “10,000 Volts”. O trabalho conta com 11 faixas, tendo sido escrito e produzido em parceria com Steve Brown, guitarrista do Trixter e membro honorário do Def Leppard.

O disco chegou ao 72º lugar na Billboard 200, principal parada dos Estados Unidos. No chart específico de rock, alcançou o 10º posto.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasAce Frehley aciona fumaça na guitarra por acidente durante show em cruzeiro
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades