A homenagem de Sylvester Stallone a Carl Weathers, o Apollo Creed de “Rocky”

Carreiras dos dois atores estão intimamente ligadas por conta dos filmes da franquia “Rocky”

O ator Sylvester Stallone usou as redes sociais para homenagear Carl Weathers, falecido na última quinta-feira (1º) aos 76 anos de idade. Os dois deram o grande salto de suas carreira juntos, graças aos papeis respectivos de Rocky Balboa e Apollo Creed na franquia “Rocky”.

Falando por meio de um vídeo postado em seu Instagram na noite de sexta-feira (2), Sly relembrou a parceria de longa data, além da amizade que perdurou pelas décadas seguintes ao trabalho conjunto. A mensagem foi gravada em frente a uma pintura que representava os personagens se enfrentando no ringue.

- Advertisement -

Ele disse, conforme transcrição da Variety:

“Hoje é um dia incrivelmente triste para mim. Estou tão arrasado que nem consigo explicar. Só estou tentando me segurar porque Carl Weathers foi uma parte integrante da minha vida, do meu sucesso – dou a ele um crédito e elogios incríveis por tudo. Quando ele entrou naquela sala e eu o vi pela primeira vez, percebi uma grandeza. Eu nunca teria conseguido o que fizemos com ‘Rocky’ sem ele.”

A seguir, reconheceu as qualidades do amigo.

Leia também:  A música das antigas do Megadeth que pode voltar aos shows, segundo Mustaine

“Ele era absolutamente brilhante – sua voz, seu tamanho, sua presença, sua habilidade atlética, mas, o mais importante, seu coração, sua alma. É uma perda horrível. Ele era mágico. Tive muita sorte de fazer parte da vida dele. Apollo, continue socando.”

Em anos recentes, Stallone reconheceu ter se arrependido da decisão de matar Apollo Creed em “Rocky IV” (1985). O personagem era muito popular e carismático, servindo como um contraste importante e complementar à personalidade do protagonista.

Por outros meios, a história do boxeador foi resgatada no spin-off “Creed”, que já conta com 3 produções – a última sem o envolvimento de Rocky – tendo Adonis, filho de Apollo como foco.

Sobre Carl Weathers

A família de Carl Weathers divulgou a informação de seu falecimento sem revelar a causa. A nota oficial enviada ao público se limita a informar que o artista “morreu pacificamente”.

Diz um trecho:

“Carl era um humano excepcional que viveu uma vida extraordinária. Através de suas contribuições para o cinema, a televisão, as artes e os esportes, ele deixa uma marca inegável e é reconhecido no mundo todo e através de gerações. Ele foi um irmão, pai, avô, parceiro e amigo amado.”

Futebol americano, “Predador” e “The Mandalorian”

Nascido em Nova Orleans, estado americano da Louisiana, Carl foi jogador de futebol americano antes da fama. Além de atuar pela Universidade de San Diego, passou brevemente pelo Oakland Raiders – atual Las Vegas Raiders – na temporada 1970/71 da NFL. Aposentou-se em 1974 para tentar a carreira nas artes dramáticas.

Além de Apollo, se destacou como o Coronel Al Dillon em “Predador” (1987). Também atuou na série “The Mandalorian”, pertencente ao universo “Star Wars”, que lhe rendeu um Emmy na categoria Melhor Ator em 2021.

Weathers deixa 2 filhos – Jason e Matthew – de seu primeiro casamento, com Mary Ann Castle, que durou de 1973 a 1983. Posteriormente, ainda teve uniões matrimoniais com Rhona Unsell ​(de 1984 a 2006)​ e Jennifer Peterson ​(de 2007 a 2009).

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasA homenagem de Sylvester Stallone a Carl Weathers, o Apollo Creed de...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades