Por que Slash não gravou mais álbuns solo com vários vocalistas

Ano passado, guitarrista chegou a anunciar que estava preparando outro disco no formato, mas não houve atualização desde então

O primeiro disco solo de Slash se caracterizou por uma variedade de convidados e estilos. Trabalhar com vocalistas diferentes em cada faixa permitiu ao guitarrista mostrar versatilidade e capacidade de se adaptar, assim como dos cantores ao saber aproveitar o músico para seus propósitos.

A fórmula nunca mais foi repetida pelo instrumentista. Desde então, ele fixou uma banda com o vocalista Myles Kennedy (Alter Bridge) e um trio que ficou coletivamente conhecido como The Conspirators.

- Advertisement -

Em 2022, ele explicou o motivo à Rolling Stone India.

“A porta giratória de colaboradores foi apenas uma ideia para aquele momento. Após o fim do Velvet Revolver, parecia uma boa oportunidade. Conheci Myles enquanto estava gravando aquele disco. Ocorreu-me que eu tinha que sair de alguma forma e apoiar esse álbum que acabei de lançar. Obviamente, não iria pegar um punhado de vocalista e levá-los para a estrada. Myles parecia um candidato provável para ser capaz de interpretar todos os estilos e faixas diferentes em uma turnê como essa. Convidei-o, ele aceitou e então conheci Brent (Fitz, baterista) e Todd (Kerns, baixista). Foi uma química muito boa desde o início.”

Mudança de ideia em 2023?

Curiosamente, ano passado Slash reconsiderou e deixou no ar a possibilidade de repetir a experiência. Em entrevista ao Yahoo Entertainment!, o homem da cartola confessou que poderia resgatar o formato. No entanto, o estilo seria menos diversificado, ficando restrito ao blues.

Leia também:  Michael Anthony ainda conversa com David Lee Roth? Ele responde

A primeira estrela já está confirmada: Demi Lovato. Os dois colaboraram recentemente em uma nova versão para “Sorry Not Sorry”, hit da cantora.

“Não há muito a dizer no momento além de que vai ser orientado ao blues, sairá em 2024 e Demi gravou comigo. Ela tinha me convidado para tocar em uma de suas músicas. Gravei em um estúdio na Noruega, durante uma pausa na turnê do Guns N’ Roses. Mas a que ela cantou para mim é completamente diferente, mostra bem sua diversidade.”

Porém, após essa declaração inicial, nada mais foi dito. Talvez a turnê de “4” e os compromissos do Guns N’ Roses tenham ocupado todo o tempo. Aguardemos o que o futuro reserva.

Leia também:  A música com acordes de violão e guitarra mais pesquisados, segundo estudo

O álbum solo de Slash

Lançado em 31 de março de 2010, “Slash”, o álbum, chegou ao Top 10 nas paradas de 14 países. Nos Estados Unidos, emplacou a terceira posição da Billboard 200.

Nomes como Fergie, Adam Levine, Ozzy Osbourne, Dave Grohl, Lemmy Kilmister, Chris Cornell e Nicole Scherzinger participaram do registro.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que Slash não gravou mais álbuns solo com vários vocalistas
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades