Por que o Nirvana estourou antes do Pearl Jam, segundo Stone Gossard

Guitarrista entende que sua banda fazia um som mais complexo do que outros colegas de Seattle na época

Pearl Jam e Nirvana lançaram seus álbuns de maior sucesso, respectivamente “Ten” e “Nevermind”, em datas muito próximas – entre agosto e setembro de 1991. A primeira banda levou algum tempo para estourar, enquanto a segunda não demorou tanto a registrar ótimas vendas.

Com o passar do tempo, o sucesso de ambos foi equilibrado: tanto “Ten” quanto “Nevermind” venderam milhões de cópias no mundo todo. Os álbuns receberam até certificação de diamante nos Estados Unidos, por ultrapassarem as mais de 10 milhões de unidades comercializadas no país.

- Advertisement -

Por que, então, o Nirvana conseguiu fazer sucesso mais rapidamente que o Pearl Jam? O guitarrista Stone Gossard refletiu sobre o assunto em entrevista de 2021 ao Audio Ink Radio.

O assunto veio à tona porque a entrevista tinha um caráter bem nostálgico. Gossard estava falando sobre o The Living, banda de post-punk vinda de sua cidade natal, Seattle. A formação contava com Duff McKagan (famoso baixista do Guns N’ Roses) na guitarra, John Conte no vocal, Greg Gilmore (futuro baterista do Mother Love Bone, banda que trazia Stone Gossard na formação) na bateria e Todd Fleischman no baixo.

Durante a entrevista, Stone Gossard foi perguntado se o sucesso do Pearl Jam o surpreendeu, já que bandas como o The Living e o Mother Love Bone nunca estouraram. Ele disse:

“Sim! (Risos) Tudo foi uma surpresa. Você sai do ensino médio, começa a sonhar em estar nas bandas e tudo o que quer fazer é poder excursionar ou vender alguns discos. É muito divertido. É como se não houvesse nada mais empolgante do que tocar e estar com seus amigos, curtindo, compondo riffs e letras, criando capas de discos.”

O músico, então, seguiu com sua reflexão:

Leia também:  A opinião de Steve Morse sobre Simon McBride no Deep Purple

“Com isso, você pode criar um trabalho, uma renda para si, mas também é algo que te deixa animado. Isso aconteceu com o Pearl Jam, mas começou com o Mother Love Bone. A banda Green River começou a rolar rapidamente e eu logo estava sendo recompensado por apenas estar curtindo por aí.”

Pearl Jam e o sucesso após o Nirvana

O entrevistador, então, citou que estava conversando com Greg Gilmore sobre as bandas daquele movimento. O baterista revelou ter ficado surpreso com o sucesso do Soundgarden e do Nirvana, mas não com o êxito do Pearl Jam, pois sentia que havia algo especial ali.

Stone Gossard, curiosamente, não vê da mesma forma. Para ele, seria mais natural que o Nirvana e o Soundgarden fizessem sucesso mais rapidamente. O motivo, em sua visão, é que a sonoridade dessas bandas, especialmente do Nirvana, é mais simples – não de uma forma pejorativa – que a do Pearl Jam.

“Hmmm, é interessante. Estávamos ouvindo o Soundgarden, e o Nirvana para mim era tipo… assim que comecei a ouvir os discos deles, fiquei tipo ‘oh meu Deus’. Porque há uma natureza e uma simplicidade no Nirvana, uma franqueza e um tipo próprio de dinâmica, que é bem enraizada no blues. Para mim, era como: ‘oh meu Deus, isso é garantido’.”

Em contrapartida, na opinião de Stone Gossard, o Pearl Jam apostava em uma pegada mais complexa.

Leia também:  Steve Harris revela o curioso segredo físico para seu som de baixo

“Para mim, o Pearl Jam era mais complexo. Não era algo que estava sendo feito ainda. E não era só uma coisa. Foi meio que um monte de coisas que se juntaram. Eu não tinha certeza do que iria acontecer com a banda.”

Experiência faz a diferença?

O guitarrista não chega a mencionar, mas outro ponto que pode ter sido crucial para o sucesso do Soundgarden e do Nirvana em um âmbito mais acelerado com seus álbuns de 1991 era a experiência dessas bandas. Os dois grupos existiam há mais tempo que o Pearl Jam e chegaram a lançar álbuns no fim da década de 1980.

No caso do Pearl Jam, “Ten” era seu álbum de estreia – e nem todos esperam fazer tanto sucesso com seu primeiro trabalho. Os músicos se conheciam de outros projetos, especialmente Stone Gossard e o baixista Jeff Ament, que tocaram juntos no Mother Love Bone, mas aquele grupo em especial existia há apenas um ano quando “Ten” foi gravado.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que o Nirvana estourou antes do Pearl Jam, segundo Stone Gossard
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades