Mark Knopfler faz a “We Are the World” da guitarra com mais de 60 músicos

Gravação beneficente sai no dia 15 de março e traz participações de Bruce Springsteen, Slash, David Gilmour, Brian May, Tom Morello e mais

Mark Knopfler lançará um single um tanto quanto diferente no próximo dia 15 de março. O eterno líder do Dire Straits recriou sua faixa instrumental “Going Home: Theme of the Local Hero”, lançada em 1983, com a participação de mais de 60 músicos – numa espécie de “We Are the World” da guitarra. 

­

- Advertisement -

Bruce Springsteen, Tom Morello (Rage Against the Machine), David Gilmour (Pink Floyd), Slash (Guns N’ Roses), Eric Clapton, Steve Vai, Ronnie Wood (Rolling Stones), Pete Townshend (The Who) e Brian May (Queen) estão entre os convidados, apelidados de “Guitar Heroes”. Todo dinheiro arrecadado com a música será destinado às organizações beneficentes Teenage Cancer Trust e Teen Cancer America, voltadas aos adolescentes com câncer (via Rolling Stone).

Para completar, Ringo Starr (Beatles) aparece creditado na bateria, junto de seu filho Zak Starkey (The Who). Já Sting (The Police) ficou encarregado do baixo, enquanto Roger Daltrey (The Who, que também auxilia a Teenage Cancer Trust) tocou gaita e Guy Fletcher (Dire Straits) cuidou da produção. 

O single foi registrado em maioria no estúdio British Grove Studios, em Londres, na Inglaterra. Terá ainda a colaboração de Jeff Beck, falecido em janeiro do ano passado. Essa foi a última gravação feita pelo saudoso guitarrista antes de morrer. 

Leia também:  A dura crítica que Mike Dirnt (Green Day) fez ao Blink-182

Em comunicado, Knopfler explicou que, inicialmente, a ideia não era tornar a faixa tão grandiosa assim, mas o processo ocorreu naturalmente. Também aproveitou para destacar as partes de Townshend, Clapton e Beck:

“Eu realmente não tinha ideia de que a música chegaria nesse nível. [Buddy] Guy aceitou e eu logo precisei estender a música de alguma forma, para acolher o maior número de pessoas. Antes que eu soubesse o que fazer, Pete Townshend tinha entrado no meu estúdio portando uma guitarra e um amplificador. E aquele primeiro power chord do Pete… cara, nós presenciamos aquilo e foi simplesmente fantástico. E continuou a partir daí. O Eric [Clapton] entrou, tocou muito bem, um lick atrás do outro. Então a contribuição de Jeff Beck surgiu e isso foi fascinante. Acho que o que tivemos foi uma superabundância de coisas boas. A coisa toda foi um ponto alto.”

Veja a lista completa de músicos envolvidos abaixo e, em seguida, uma prévia da versão: 

Joan Armatrading, Jeff Beck, Richard Bennett, Joe Bonamassa, Joe Brown, James Burton, Jonathan Cain, Paul Carrack, Eric Clapton, Ry Cooder, Jim Cox, Steve Cropper, Sheryl Crow, Danny Cummings, Roger Daltrey, Duane Eddy, Sam Fender, Guy Fletcher, Peter Frampton, Audley Freed, Vince Gill, David Gilmour, Buddy Guy, Keiji Haino, Tony Iommi, Joan Jett, John Jorgenson, Mark Knopfler, Sonny Landreth, Albert Lee, Greg Leisz, Alex Lifeson, Steve Lukather, Phil Manzanera, Dave Mason, Hank Marvin, Brian May, Robbie McIntosh, John McLaughlin, Tom Morello, Rick Nielsen, Orianthi, Brad Paisley, Nile Rodgers, Mike Rutherford, Joe Satriani, John Sebastian, Connor Selby, Slash, Bruce Springsteen, Ringo Starr and Zak Starkey, Sting, Andy Taylor, Susan Tedeschi, Derek Trucks, Ian Thomas, Pete Townshend, Keith Urban, Steve Vai, Waddy Wachtel, Joe Louis Walker, Joe Walsh, Ronnie Wood, Glenn Worf, Zucchero.

Leia também:  Filho de Bradley Nowell (Sublime) teve problemas com drogas aos 12 anos

Mark Knopfler e “Going Home: Theme of the Local Hero”

“Going Home: Theme of the Local Hero” saiu originalmente em 1983, como primeiro single solo de Mark Knopfler. A música fez parte do filme “Local Hero” (1983) e, hoje, é utilizada para a entrada do time de futebol britânico Newcastle United no campo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasMark Knopfler faz a “We Are the World” da guitarra com mais...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

4 COMENTÁRIOS

  1. Interessante como a iniciativa pioneira que foi ‘Do they know it’s Christmas’ de Bob Geldoff, com as grandes estrelas do pop rock inglês, no Natal como arrecadação de fundos para a África fica em segundo plano para a versão americana lançada depois. O USA for África, famosa como We Are The Word, foi o clone americano do “Feed the World” dos britânicos. Portanto esta versão de Mark Knopfler deveria ser chamada de Feed the World das guitarras, na matéria.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades