Os artistas e bandas que são o futuro do rock, segundo Warren Haynes

Líder do Gov't Mule se disse esperançoso em relação ao futuro do estilo e citou nomes de destaque

Warren Haynes é um músico veterano, mas não possui o mesmo saudosismo que muitos de sua geração trazem. O líder do Gov’t Mule acredita que o futuro do rock é promissor.

Ele até citou alguns artistas que, para ele, poderão seguir em frente carregando o nome do estilo. Ainda que os nomes não fujam muito do cenário do blues rock e do southern rock, do qual Haynes faz parte, não deixa de ser uma visão interessante.

- Advertisement -

A declaração foi dada em entrevista para a revista Classic Rock, entre diversos assuntos. Tudo começou quando o entrevistador disse que um dos projetos “spin-off” do Grateful Dead, o Dead & Company, encerrou as atividades recentemente. Perguntado então sobre o futuro do rock, o vocalista e guitarrista se mostrou bem otimista.

“Estou bem esperançoso, na verdade. Nos últimos 5 a 10 anos, tenho visto mais novas bandas e artistas promissores do que em muito tempo. Se eu estiver certo, nomes como Marcus King, Larkin Poe e Celisse Henderson podem carregar esse estilo de música para o futuro.”

Marcus King, do alto de seus 27 anos, é um dos guitarristas mais respeitados de sua geração. O jovem bluesman liderou por anos a Marcus King Band antes de migrar para uma carreira solo, cujos álbuns são produzidos por Dan Auerbach (The Black Keys).

Leia também:  As dicas de Tom Morello para se tornar um guitarrista melhor

A multi-instrumentista Celisse Henderson até participou do álbum mais recente do Gov’t Mule, “Peace… Like a River” (2023). Também adepta ao blues, colaborou ainda com Melissa Etheridge, Joss Stone, Mariah Carey e Phish.

Já o Larkin Poe é um duo formado pelas irmãs Rebecca e Megan Lovell — esta última responsável pelo slide guitar que dá a característica principal da sonoridade do projeto. O álbum de estúdio mais recente do grupo de blues/southern rock é “Blood Harmony” (2022).

Sobre Warren Haynes

Warren Haynes se destacou tocando guitarra com o cantor country David Allen Coe e também com a Dickey Betts Band. Em 1989, foi recrutado para a reunião da The Allman Brothers Band. Saiu em 1997, retornando em 2000 e permanecendo no grupo até o encerramento de suas atividades, em 2014.

Leia também:  A música das antigas do Megadeth que pode voltar aos shows, segundo Mustaine

Em 1994 fundou o Gov’t Mule, que se tornou uma das maiores jam bands do mundo, com uma base de fãs sólida. Também participa de projetos ligados ao The Grateful Dead, como o Phil Lesh & Friends e o The Dead.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasOs artistas e bandas que são o futuro do rock, segundo Warren...
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades