M. Shadows rebate críticas por Avenged Sevenfold ajudar população LGBTQIAPN+ com single

Banda lançou nova versão para “We Love You” com participação de integrante do grupo russo Pussy Riot

Como esperado, o Avenged Sevenfold recebeu uma série de críticas de fãs após a recente ação em benefício à comunidade LGBTQIAPN+ russa. O grupo regravou a música “We Love You”, do álbum “Life is But a Dream…” (2023) com participação de Nadya Tolokonnikova, integrante da Pussy Riot, nos vocais. A arrecadação do single será revertida à fundação SOS North Caucasus.

As argumentações são as típicas baseadas apenas no ódio fundamentado em crenças transmitidas geração após geração. Não há qualquer argumento que justifique, exceto o preconceito e desejo da aniquilação baseado em religião.

- Advertisement -

Coube ao vocalista M. Shadows contra-argumentar. Em seu X/Twitter ele escreveu:

“Muitos ‘cristãos’ chateados por ajudarmos pessoas oprimidas… mas ‘Deus nos odeia’ está ok…. Mas esses malditos gays… não, fod*m-se! Devemos estar em uma simulação.”

Após um usuário sem nome e com foto de cachorrinho se valer de uma pesquisa tirada de sua própria cabeça onde gays e pessoas trans representariam o maior número de pedófilos no mundo – quando estudos reais comprovando que na verdade familiares e conhecidos são em maioria responsáveis pelos casos –, o frontman respondeu:

“Fico feliz por estar ‘bud lighted’. Um monte de flocos de neve chamando os outros de floco de neve… a ironia é grossa.”

Leia também:  Pai de Oli Sykes participa de show do Bring Me the Horizon na Alemanha

O termo “bud lighted” é uma referência à recente ação da cerveja Budweiser, que firmou parceria com a influenciadora transgênero Dylan Mulvaney em uma campanha publicitária. Conservadores americanos propuseram um boicote à empresa – embora alguns deles, como o cantor Kid Rock, tenham sido vistos consumindo a bebida posteriormente.

Os direitos das pessoas da comunidade LGBTQIAPN+ na Rússia têm sido motivo de preocupação para as organizações de direitos humanos há já algum tempo. Nos últimos anos, vários relatos de detenções ilegais e de tortura de homens gays e bissexuais na Chechênia foram noticiados.

Ouça “We Love You Moar”, nova versão de “We Love You”, a seguir.

Avenged Sevenfold e “Life is But a Dream…”

Oitavo disco de estúdio do Avenged Sevenfold, “Life is But a Dream…” chegou ao 13º lugar na Billboard 200, principal parada norte-americana. Ainda foi Top 10 em outros 7 charts entre Europa e Ásia. A maior parte da crítica especializada elogiou as novas abordagens sonoras exploradas pelo grupo durante o tracklist.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasM. Shadows rebate críticas por Avenged Sevenfold ajudar população LGBTQIAPN+ com single
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades