O maior artista do rock brasileiro, na opinião de Dinho Ouro Preto

Vocalista do Capital Inicial destacou "admiração incondicional" por cantor em questão, com quem iniciou uma amizade na adolescência

Dinho Ouro Preto teve sua trajetória mudada pelo Aborto Elétrico. Antes do grupo acabar e dar origem ao Capital Inicial e Legião Urbana no início dos anos 1980, o vocalista era um entusiasta do trabalho apresentado pelos colegas e os acompanhava constantemente. Em sua opinião, surgiu ali o maior artista do rock brasileiro. 

­

- Advertisement -

Por meio das redes sociais, o cantor prestou uma homenagem para Renato Russo, que completaria 64 anos no último dia 27 de março, e aproveitou a oportunidade para destacar o talento do saudoso amigo — cuja carreira começou como baixista do Aborto Elétrico.

Ao longo de uma publicação, Dinho descreveu Renato como o “maior nome” do gênero mencionado e relembrou os momentos que compartilharam juntos. Ele declarou:

“O Renato faria 64 anos hoje. Eu nunca escondi minha admiração incondicional por ele, acho que ele é maior nome do rock brasileiro. Eu tive a sorte de conhecê-lo quando eu tinha 16 anos. Desde então minha vida nunca mais foi a mesma. Passei horas e horas assistindo os ensaios do Aborto Elétrico, passei horas também na casa dos pais dele falando sobre música, cinema e literatura. Fomos acampar inúmeras vezes em cachoeiras perto de Brasília. ele e nossa turma fomos em zilhões de festas e shows. Resumindo, eu tive companhia muito boa na minha adolescência.” 

Amizade de Dinho Ouro Preto e Renato Russo

Anteriormente, em entrevista ao podcast Podpah (transcrição do Whiplash), Dinho Ouro Preto deu detalhes sobre sua amizade com Renato Russo. Segundo o vocalista do Capital Inicial, devido à diferença de quatro anos de idade, o saudoso artista era sua referência, sobretudo intelectual.

“Eu entendia que ele exercia um papel de liderança. Ele lia muito, ficava dando livros para a gente ler. Ele indicava filmes, trabalhava na Cultura Inglesa lá em Brasília. Ele era muito chegado a ler jornais, sabia o que estava acontecendo fora do Brasil, o cenário das bandas. A gente ia para lá para saber quais eram as novidades, conselhos sobre o que ouvir. Rolava festivais de cinema dentro da Cultura Inglesa. Era um cinema alternativo. Alemão, Italiano e Francês. Era muito legal.”

Por fim, destacou que o conhecimento de Renato abrangia diferentes âmbitos, como literatura, música e cinema: 

“Ele era uma enciclopédia. Ele lia muito biografias. Ele era uma fonte inesgotável de pequenas anedotas a respeito de cinema. Como os filmes tinham sido filmados, qual a história, os atores… Ele sabia tudo. Sobre discos? Ele sabia também. Como o ‘Abbey Road’, dos Beatles, tinha sido composto? O que John Lennon estava pensando? Ele sabia todo esse universo. O que tinha por trás das cortinas. Ele era um cara sensacional.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

Leia também:  O que Steve Vai mais admira em Ritchie Blackmore como guitarrista
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO maior artista do rock brasileiro, na opinião de Dinho Ouro Preto
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

1 COMENTÁRIO

  1. Que matéria memorável!!!! Renato Russo sem dúvida foi o melhor cantor do Brasil. Não só pela voz, mas pelo conjunto da obra. Quem pensa o contrário, que prove.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades