Black Sabbath era massacrado pela imprensa no início, diz Iommi

Antes desprezada na própria cidade natal de Birmingham, banda agora é até mesmo tema de ballet local

No próximo sábado (23), “Black Sabbath – The Ballet” fará sua estreia no Hipódromo de Birmingham. Como o título sugere, o espetáculo oferece interpretações em forma de dança para clássicos dos pais do heavy metal. A direção é de Carlos Acosta, com o guitarrista Tony Iommi tendo supervisionado o desenvolvimento.

Único presente em todas as formações da banda, o instrumentista vê a novidade não apenas como a possibilidade de apresentar sua obra a um novo público. Também é um reconhecimento na própria casa, onde nem sempre o grupo foi tão querido quanto nos últimos anos, recebendo várias homenagens.

- Advertisement -

Em entrevista ao The Telegraph, o mestre dos riffs recordou:

“Birmingham não queria nos conhecer. Fomos criticados pela imprensa. Na América nos chamavam de satanistas. Ninguém entendia o que estávamos fazendo, porque era muito diferente. Quando começamos, não havia um modelo para o que era heavy metal. Nem nós mesmos chamávamos o que fazíamos assim. Gostávamos de blues, jazz, trilhas sonoras de filmes de terror dramáticos, até um pouco de música clássica.”

Quanto à expectativa para a nova empreitada, Iommi não consegue imaginar qual será o comportamento do público.

“Eu disse ao Carlos ‘olha, se nossos fãs vierem, pode haver gritos, gente se levantando e cantando’. E ele respondeu ‘Oh, ótimo!’ Mas quem sabe? Se forem os fãs originais, terão 75 ou 80 anos agora. Então, eles podem gostar de ter uma chance de assistir ao balé!”

“Black Sabbath – The Ballet”

Posteriormente, “Black Sabbath – The Ballet” também terá datas no Teatro Real de Plymouth e o Sadler’s Wells, em Londres. Há planos para levar a peça a públicos internacionais, embora nada tenha sido confirmado até o momento.

Leia também:  Por que Humberto Gessinger dá “graças a Deus” pelo rock ter perdido espaço

As músicas que farão parte dos números de dança são: “Paranoid”, “Iron Man”, “War Pigs”, “Black Sabbath”, “Solitude”, “Laguna Sunrise” e “Sabbath Bloody Sabbath”. Elas serão rearranjadas pelo Royal Ballet Sinfonia. Ao vivo, guitarra e bateria serão incorporados às apresentações.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesBlack Sabbath era massacrado pela imprensa no início, diz Iommi
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades