O polêmico verso original removido de “Paradise City”, do Guns N’ Roses

Refrão era sexista demais até para os padrões de uma atração do já naturalmente sexista hard rock oitentista

“Paradise City” costuma ser o apoteótico encerramento dos shows do Guns N’ Roses até os dias atuais. Porém, a música teve seu refrão modificado antes mesmo de ser gravada para “Appetite for Destruction” (1987), álbum de estreia da banda.

Originalmente, a parte mudada dizia “Take me down to the Paradise City where the girls are fat, and they got big titties” – algo como “Leve-me até Paradise City, onde as garotas são gordas e possuem grandes seios”. Em entrevista de 2012 à Fuse (via Far Out Magazine), Slash recordou:

“A letra original era minha e os outros caras a mudaram. Todos nós achamos engraçado, mas no fundo sabíamos que não iria entrar no álbum. Acho que foi assim que aconteceu.”

- Advertisement -

A parte em questão foi alterada para “Take me down to the Paradise City where the grass is green and the girls are pretty” – ou seja “Leve-me até Paradise City, onde a grama é verde e as garotas são bonitas”. A música foi a quarta lançada como single para promover o debut, em uma época onde o grupo já havia estourado graças ao promo anterior, “Sweet Child O’ Mine”.

O arrependimento de Axl Rose com “Paradise City”

O vocalista Axl Rose confessou a Steve Harris – o jornalista, não o baixista do Iron Maiden – ter um arrependimento quanto à canção. Mas não tem ligação com a letra. Conforme resgate do Far Out Magazine, ele declarou:

“A única coisa que eu gostaria é que pudéssemos ter conseguido mais tempo para mixá-la. Mas estávamos trabalhando em uma data de lançamento e não tínhamos tempo suficiente para acertar tudo. Acho que ‘Paradise City’ poderia ter ficado um pouco melhor, mas estávamos mixando duas músicas por dia para não estourar o prazo.”

Guns N’ Roses e o álbum “Appetite for Destruction”

“Appetite for Destruction” vendeu mais de 30 milhões de cópias em todo o mundo até hoje. Ganhou até mesmo disco de platina no Brasil, premiação rara para um álbum internacional no país.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO polêmico verso original removido de “Paradise City”, do Guns N’ Roses
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades