Com câncer terminal, Andy Taylor diz que medicina nuclear lhe deu mais 5 anos de vida

Ex-guitarrista do Duran Duran revelou diagnóstico em novembro de 2022, quando faltou à cerimônia de entrada do grupo no Rock and Roll Hall of Fame

Quase um ano após revelar estar combatendo um câncer incurável na próstata, Andy Taylor disse que um tratamento experimental de medicina nuclear melhorou sua qualidade de vida. Chegou ao ponto de poder trabalhar novamente, anunciando para 8 de setembro o álbum solo “Man’s a Wolf to Man”.

Em entrevista ao programa BBC Breakfast (via NME), o ex-guitarrista do Duran Duran contou que quando tornou seu diagnóstico público, em novembro de 2022, o fundador do Cancer Awareness Trust, Prof Sir Chris Evans, entrou em contato com ele. Foi oferecida a possibilidade de um tratamento de medicina nuclear envolvendo o isótopo Lutécio-177.

- Advertisement -

Taylor descreveu ao programa como funciona o tratamento experimental, que ele começou a fazer seis semanas atrás:

“Ele não consegue ver células saudáveis. Mata câncer de estágio 4 nos seus ossos. E o que fez efetivamente foi prolongar minha vida em cinco anos. Semana que vem eu tenho outra rodada.”

Para ser aceito no teste, o guitarrista contou que precisou mudar drasticamente seu estilo de vida, pois queria voltar a trabalhar.

“Eu precisei ficar muito, muito bem de saúde pra fazer esse tratamento. Então eu tomei conta de mim mesmo de um jeito diferente. E após a primeira rodada de tratamento, eu disse: ‘se estou bem, e vocês [os médicos] dizem que estou bem, posso voltar a trabalhar?’.”

Andy Taylor, Duran Duran e Rock and Roll Hall of Fame

Ainda durante a entrevista, Andy Taylor revelou como precisou perder a cerimônia de entrada do Duran Duran no Rock and Roll Hall of Fame. Segundo o músico, nos dias que antecederam o evento, ele sequer conseguia ficar em pé ou tocar.

Leia também:  Por que Marko Hietala diz entender falta de contato com ex-colegas do Nightwish

A notícia de sua batalha contra o câncer foi dada pelo vocalista Simon Le Bon durante o discurso de aceitação da banda, seguida por ele lendo uma carta escrita por Taylor. Os outros integrantes da banda haviam descoberto pouco tempo antes também.

Taylor deixou o Duran Duran em 2006 em meio a brigas com os outros integrantes, mas felizmente parecem ter feito as pazes.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasCom câncer terminal, Andy Taylor diz que medicina nuclear lhe deu mais...
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades