O melhor solo e o melhor riff do AC/DC, segundo Angus Young

Músicas dos álbuns “Powerage” (1978) e “The Razors Edge” (1990) foram as escolhidas pelo guitarrista

Angus Young serviu como referência de riffs e solos em toda a história de meio século do AC/DC. Os fãs possuem seus preferidos e o amplo número de possibilidades apenas atesta o tamanho do guitarrista na história do rock.

Porém, o próprio foi convidado a escolher os melhores em entrevista à revista Vulture, realizada no ano de 2020. No campo do solo, a escolha recaiu sobre o grande sucesso da banda na era pós-“Back in Black”.

“Escolho ‘Thunderstruck’. Eu estava brincando com um violão, imagine só. Malcolm ouviu o que eu estava tocando e ficou me importunando para que desenvolvesse aquela parte. Quando você ouve, tudo se encaixa. Quando tocamos ao vivo, tenho que me certificar de que meus dedos estão aquecidos para essa música. Ela possui uma complexidade implacável. Tenho que estar confiante.”

- Advertisement -

Já quanto ao riff, a opção foi por uma música que em décadas recentes esteve mais presente no repertório do Guns N’ Roses – incluindo participações do próprio Angus – do que no do AC/DC.

“‘Riff Raff’. Ela é puro rock and roll. Tem um estilo Chuck Berry, mas com um swing que é exclusivo do AC/DC. Para um guitarrista, é uma peça de rock perfeita. Muita gente foi influenciada por aquele álbum, ‘Powerage’. Ele tem vida própria – especialmente aquela música.”

Sobre Angus Young

Nascido em Glasgow, Escócia, Angus McKinnon Young é o mais novo de sete irmãos. Aos oito anos, migrou com a família para a Austrália. Começou a carreira musical em uma banda chamada Kantuckee. A seguir, se juntou ao irmão Malcolm e formou o AC/DC.

Leia também:  O grande problema do Black Sabbath em “Headless Cross”, segundo Iommi

Apesar de ter ficado conhecido usando o uniforme escolar, Angus chegou a usar outras roupas no palco antes da fama, incluindo fantasias de Zorro, Homem-Aranha e King Kong. Também tentou emplacar uma paródia do Superman, chamada Super Ang.

Exceção à nicotina, Young não sucumbiu aos excessos do meio que frequenta. No auge da carreira, seus maiores vícios eram xis burger e milk-shake. Assim como toda a família, é torcedor do Rangers Football Club (antigo Glasgow Rangers).

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO melhor solo e o melhor riff do AC/DC, segundo Angus Young
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades