Nita Strauss diz que quem a criticou por tocar com Demi Lovato não é músico

Guitarrista ressalta o fato de a carreira que escolheu envolver profissionalismo como qualquer outra área

Quando Nita Strauss se ausentou temporariamente da banda de Alice Cooper para tocar com Demi Lovato, foi inevitável ouvir alguma chiadeira. Especialmente por conta dos “truezões” de plantão, que a consideraram uma traidora por flertar com estilos fora do rock – como se o próprio Alice já não fizesse isso dentro do próprio trabalho, o que se comprova com uma mera conferida em sua discografia.

Em entrevista ao Metal Global (via Ultimate Guitar), a guitarrista falou sobre o susto que tomou com as reações negativas. Apesar do choque inicial, algo não deixou de saltar aos olhos: o fato de que as críticas vinham de pessoas sem conhecimento de como as coisas funcionam na indústria.

“É muito confuso. Por que isso era visto como ruim? Por que fui eu? Nuno (Bettencourt, guitarrista do Extreme) não sofreu o mesmo hate quando tocou com Rihanna. O interessante, e eu já disse muitas, muitas vezes, é ver quem ficou indignado. Você recebe críticas de pessoas que não são realmente músicos, não estão na indústria. Músicos ou outras pessoas desse meio são profissionais. Todos que conheço, assim como os jornalistas de verdade, todas as entrevistas que dei a uma mídia de verdade ouvia: ‘Que ótima oportunidade! Isso é incrível, trazer um toque de heavy metal para um público mainstream, solos de guitarra e bumbo duplo e riffs pesados!’. Demi, todos sabemos, é uma grande fã de rock e metal.”

- Advertisement -

Strauss ainda falou sobre a abordagem que conseguiu dar à música da popstar, que planejou um retorno às suas raízes roqueiras quando a recrutou.

“Tive tanta sorte com o show de Demi porque ela queria fazer uma turnê de rock. Montou uma banda de rock feminina e fizemos um show de rock. Então, eu gostaria de ter uma boa história sobre estar no mundo pop para contar a todos como ‘oh, era tão diferente e tão regimentado ou isso ou aquilo’. Mas nós realmente fizemos algo voltado ao rock. Ela gostou da nossa personalidade e do nosso estilo de performance. Portanto, não havia, você sabe, qualquer diretiva sobre não ir muito longe ou tocar de outra forma. Estávamos lá para ser nós mesmos e criar um show de rock com ela.”

Nita Strauss atualmente

Atualmente, Nita está de volta à banda de Alice. Porém, ela já deixou claro que a parceria com Demi não se encerrou.

Leia também:  Como o TikTok mostra que o cinema não está morrendo, segundo Martin Scorsese

Recentemente, a guitarrista lançou seu segundo álbum solo, “The Call of the Void”. O trabalho mescla faixas instrumentais e colaborações com vocalistas.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasNita Strauss diz que quem a criticou por tocar com Demi Lovato...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades