Jornalista pede autópsia de Gal Costa após denúncias contra viúva

Empresária Wilma Petrillo é acusada de assédio moral, perseguição, aplicação de golpes, entre outras queixas

Uma reportagem publicada na edição de julho da revista Piauí apresenta denúncias contra Wilma Petrillo, viúva de Gal Costa que também atuava como sua empresária. De acordo com o texto, assinado pelo jornalista Thallys Braga, ela é suspeita de assédio moral, ameaças, perseguição e aplicações de golpe, além de ter acumulado dívidas, que prejudicaram a companheira em vida. 

Diante das revelações, outra jornalista, Hildegard Angel, começou um movimento na internet. Por meio de uma postagem no Instagram, a profissional pediu para o Ministério Público solicite uma autópsia no corpo de Gal, pois o “mal súbito” da cantora – justificativa para seu falecimento em novembro último – poderia ter, na verdade, outra explicação. 

“Dada às recentes revelações, os fãs de Gal Costa pedem ao Ministério Público uma autópsia já. O mal súbito da cantora não mais nos convence.” 

- Advertisement -
https://www.instagram.com/p/CuXTZ7ap2Fw/

Em declaração à colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, Angel complementou:

“Já que há desconfianças sobre as pessoas que cercam Gal Costa, acho que é adequado que seja realizada uma autópsia para saber a causa da morte. Ela é uma personalidade nacional e internacional, e não há nenhuma afirmação assertiva sobre o que causou a sua morte. É uma obrigação não só cultural, mas histórica nos dizer efetivamente do que ela morreu. Os grandes lutos da história, passam-se séculos, e a ciência vai atrás de conseguir um DNA, de descobrir a causa mortis. Por que não a Gal Costa? Por que o nosso Ministério Público não se preocupa com isso? Justamente para que não sejam cometidas injustiças, é importante ter uma análise científica do motivo da morte da Gal, até porque ela tem um filho.”

Acusações contra Wilma Petrillo

Conforme reportagem da revista Piauí, Wilma Petrillo, que manteve um relacionamento com Gal Costa por cerca de 30 anos, foi alvo de diferentes denúncias. O médico baiano Bruno Prado, por exemplo, afirma que a empresária lhe devia R$ 15 mil reais e que, para não pagá-lo, passou a fazer ameaças envolvendo sua orientação sexual. Ele prestou queixa na polícia e saiu do Brasil devido à perseguição.

Leia também:  Skid Row lançou “Slave to the Grind” há 33 anos; veja outros fatos da música em 11 de junho

Já a artista plástica Daniela Cutait alega que Wilma não pagou as contas de água e de gás do imóvel que vendeu para ela, localizado no Jardim Europa, região nobre de São Paulo, e que ignorou as tentativas de contato. Por causa do atraso, o nome de Daniela integrou o cadastro de devedores do Serasa – empresa que analisa informações ligadas ao crédito.

Ainda, os atores Diogo Vilela e Sônia Braga teriam sofrido calotes da empresária, que acumulava dívidas em restaurantes, mensalidades de escola (do Gabriel, filho do casal) e até na Receita Federal dos Estados Unidos. Segundo fontes, Gal não voltava ao país por medo, já que Wilma não pagou certos impostos. 

A empresária também é acusada de não cumprir acordos contratuais estabelecidos antes de shows e de humilhar seus funcionários. Por fim, amigos relatam que Petrillo tratava mal a cantora brasileira, fazendo comentários gordofóbicos e tendo um ciúmes obsessivo. 

Até o momento, Wilma Petrillo não se manifestou publicamente sobre as alegações.

Morte de Gal Costa 

Gal Costa, uma das maiores vozes da MPB, morreu aos 77 anos, em 9 de novembro de 2022. Sabe-se que a cantora havia cancelado de última hora seu show no festival Primavera Sound, realizado no Distrito Anhembi, em São Paulo, dias antes. Foi explicado que ela estava em recuperação após retirar um nódulo na fossa nasal direita.

Como mencionado, o corpo da artista não passou por uma autópsia. Em dezembro último, a revista Piauí divulgou que o falecimento ocorreu em decorrência de um mal súbito. Agora, o veículo revela que o atestado de óbito cita infarto agudo no miocárdio e tumor maligno no crânio e pescoço como possíveis causas.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasJornalista pede autópsia de Gal Costa após denúncias contra viúva
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades