Riley Keough diz que não sabia cantar antes de “Daisy Jones & The Six”

Atriz sofreu crises de choro nas primeiras aulas de técnica vocal para preparação da construção de sua personagem

Com seu potencial de atuação já comprovado, Riley Keough entrou para o elenco da minissérie “Daisy Jones & The Six” e enfrentou um novo desafio em sua carreira. Assumindo o papel da vocalista da banda fictícia retratada na produção do Amazon Prime Video, a neta de Elvis Presley precisou lapidar seus dotes musicais. 

Como uma proposta de criar uma narrativa realista, a minissérie foi pensada para que os próprios atores desempenhassem as performances musicais tanto em cena quanto em estúdio, na gravação do álbum “Aurora”, lançado simultaneamente à estreia. Nesse contexto, a herdeira de uma das maiores dinastias da música surpreendeu o público ao revelar que não tinha treinamento vocal. 

- Advertisement -

Em entrevista à Vanity Fair, Riley revelou como foi o início da sua preparação para dar voz a Daisy Jones. De acordo com a atriz, o fracasso inicial de cantar “Shallow”, do filme “Nasce Uma Estrela” (2018) a levou às lágrimas. 

“Eu nem sabia como cantar agudo. Eu fui a um professor de canto e disse: ‘eles precisam que eu desenvolva o belting [técnica de canto]’. […] Mas eu soava tão ruim que comecei a chorar. Achava que não era possível fazer isso. Só que quando não consigo fazer algo, isso acende um fogo em mim para que eu possa fazer. Então me motivei e me pressionei a fazer coisas que nunca fiz antes.”

Riley Keough e Sam Clalfin… cantores?

Sam Claflin, intérprete do vocalista Billy Dunne, também não tinha treinamento musical. Em entrevista ao NME (via Far Out Magazine), a dupla principal comentou como o processo em conjunto ajudou na evolução. Riley, contratada antes de Sam, trouxe à tona que o plano dos produtores era encontrar um cantor treinado para o papel de Billy.

Leia também:  Como Trump e fascismo inspiraram “The Boys”, segundo criador da série

A atriz afirmou:

“Depois que eles me contrataram, lembro dos produtores dizendo: ‘ok, Riley tem um longo caminho pela frente, então, quem contratarmos como parceiro terá que ser uma ótimo cantor para equilibrar’.”

Claflin, por sua vez, relembrou como se sentiu nervoso na primeira aula de canto com a colega. 

“Tivemos uma aula conjunta de canto no início e eu estava com síndrome de impostor. Pensei: ‘eu não deveria estar aqui, isso é aterrorizante, estou tão nervoso’. Então, Riley entrou e eles imediatamente nos levaram a nos encarar para tentar encontrar essa conexão romântica. […] Não havia como eles combinarem nossas vozes e saber que poderiam se misturar dessa maneira. Mas lembro de pensar: ‘não é tão ruim quanto eu pensei que seria, há algo aqui!’.”

Por fim, Keough exaltou os esforços dos outros colegas de cena, que interpretam os demais músicos da banda. 

“Estou tão orgulhosa de quão longe chegamos. A banda também: eles já eram todos músicos, mas estavam fazendo coisas que nunca haviam feito antes. Will [Harrison, que interpreta o guitarrista Graham] só tocava guitarra base antes. Seb [Chacon, baterista Warren] não tocava bateria há algum tempo, então estava meio enferrujado. Josh [Whitehouse, baixista Eddie] teve uma experiência muito limitada no baixo. E Suki [Waterhouse, tecladista Karen] nunca tocou piano.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesRiley Keough diz que não sabia cantar antes de “Daisy Jones &...
Tairine Martins
Tairine Martinshttps://www.youtube.com/channel/UC3Rav8j4-jfEoXejtX2DMYw
Tairine Martins é estudante de jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Administra o canal do YouTube Rock N' Roll TV desde abril de 2021. Instagram: @tairine.m

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades