The Offspring vence ex-baterista em disputa sobre venda de catálogo

Segundo juiz, as alegações feitas por Ron Welty sobre a estrutura do acordo de venda são ilógicas e infundadas

A disputa judicial entre o The Offspring e seu ex-baterista Ron Welty sobre a venda do catálogo da banda chegou ao fim. O juiz do caso, William F. Fahey emitiu uma sentença declarando que as acusações feitas pelo antigo integrante da banda são infundadas.

O processo movido por Welty alegava que o ex-baterista não havia recebido uma parcela adequada dos US$ 35 milhões da venda do catálogo do grupo em 2015 para a Round Hill Music. Além disso, o músico disse que teve suas contribuições entre o período de 1987 a 2003 apagadas por Bryan “Dexter” Holland, vocalista, guitarrista e líder do grupo.

- Advertisement -

Após o veredito desfavorável, a advogada de Welty, Jordanna Thigpen, deu uma declaração à Billboard prometendo continuar a briga:

“Nos poucos meses que tenho trabalhado com meu cliente merecedor na tentativa de resolver essa questão, ficou claro que as cortes menores não seriam o lugar onde justiça aconteceria. Nós vamos com certeza apelar, e fiquem atentos para o parecer de cortes superiores sobre as várias decisões desse julgamento.”

The Offspring vs. Ron Welty

O acordo de venda foi revelado durante o julgamento ter sido estruturado da seguinte maneira: US$ 20 milhões foram divididos entre os integrantes chave pelos direitos às gravações master do The Offspring, enquanto os US$ 15 milhões remanescentes foram pagos diretamente e exclusivamente a Dexter Holland pelos direitos autorais das composições.

Leia também:  Guitarrista Vogg confirma ter deixado o Machine Head

Durante o julgamento, os outros integrantes do The Offspring durante o período considerado maior da banda, Kevin “Noodles” Wasserman (guitarra) e Gregory “Greg K.” Kriesel (baixo), testemunharam que os termos dessa divisão eram justos, considerando o fato de todo o material ser composto por Holland.

Em uma decisão relacionada ao caso, o juiz citou esse testemunho em particular, falando:

“É difícil sequer imaginar uma razão pela qual esses dois outros integrantes concordaram com tal estrutura a não ser acreditarem que Holland seja o criador e dono dessas composições musicais. Para adotar a teoria de Welty seria necessário a essa corte concluir que Wasserman e Kreisel deliberadamente abandonaram suas porções desses US$ 15 milhões… como parte de um esquema para privar Welty de compensação adicional. Tal conclusão é completamente ilógica e insubsistente.”

Leia também:  Dave Mustaine explica nas entrelinhas cancelamento do Megadeth no Rock in Rio 2022

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasThe Offspring vence ex-baterista em disputa sobre venda de catálogo
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades