Nuno Bettencourt revela como é tocar com Rihanna e expõe dificuldades

Guitarrista do Extreme se reuniu com a popstar durante o recente show de intervalo no Super Bowl

No último dia 12 de fevereiro, o guitarrista Nuno Bettencourt fez uma aparição surpresa no show de Rihanna durante o intervalo do Super Bowl. O momento marcou o reencontro de ambos no palco após 8 anos.

Durante bate-papo com Herman Li, guitarrista do Dragonforce, o músico do Extreme falou (com transcrição do Ultimate Guitar) sobre como lida com o fato de algumas pessoas ainda tratarem com certo desdém o fato de ele ter participado da banda de apoio de uma popstar.

“Também pensei que não seria tão difícil quando decidi tentar. Mas estava f*didamente errado. Se você realmente ouvir o material de Rihanna, o que deveria, notará que vai do reggae a uma faixa club, passando pelo trap. Você tem que mudar o raciocínio entre uma música e outra para realmente fazer soar bem. Os músicos com quem você toca em um trabalho desses não são brincadeira. São os músicos dos músicos, os maiores do mundo.”

- Advertisement -
Leia também:  Linkin Park ganha disco de diamante com “In the End”

O músico português confessou ter até mesmo se sentido deslocado em um momento inicial.

“Primeiro eu disse: ‘Por que ela precisa de mim? Não há guitarra no material’. Responderam: ‘É por isso que queremos que você entre’. Questionei: ‘Então posso ser eu mesmo?’ e disseram: ‘Sim, traga o seu equipamento, detone com ótimas músicas como ‘Umbrella’ e torne-as pesadas’. Foi incrível. Quando entrei naquela sala, quando eu estava tocando com aqueles caras, eles não estavam fazendo como estava no álbum. Criavam novos arranjos, prologavam as faixas… Grandes tecladistas, grande baixista. Todo mundo foi incrível naquela turnê – cantores de fundo e Rihanna.

“Claro que ela sabe cantar”

Nuno Bettencourt aproveitou o ensejo para desmistificar um pré-conceito popular.

“Sabe, muitas pessoas perguntam: ‘Ela sabe cantar?’ Claro que sim. Ela nunca dublou ao vivo. As produções hoje em dia têm muito mais autotune. E eles usaram, mas ela não precisava. […] Fiquei realmente impressionado.”

Leia também:  Mike Portnoy nega que volta ao Dream Theater tenha prejudicado Sons of Apollo

O guitarrista até mesmo convidava a imprensa rock/metal que ia entrevistá-lo a assistir às apresentações para ver como não estava ali para brincadeira.

“Dizia para que ficassem e assistissem as duas primeiras músicas. Caso não gostassem, podiam ir embora. Vários voltavam ao final do show pedindo desculpas, dizendo que não faziam ideia de como era. Havia muito espaço para os meus solos e a banda era insana.”

Nuno Bettencourt e Rihanna

A parceria de Nuno Bettencourt com Rihanna foi intermediada por outra figura conhecida do hard rock oitentista: Tony Bruno, guitarrista original do Danger Danger e diretor de palco de vários artistas pop consagrados. Ela teve início em 2009, na turnê “Last Girl on Earth” e foi até 2016, na “Anti World Tour”.

https://www.youtube.com/watch?v=XER6MxfrhgU

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesNuno Bettencourt revela como é tocar com Rihanna e expõe dificuldades
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades