Iron Maiden conquistou continente em um dia, afirma Dickinson sobre Rock in Rio 1985

Apresentação no festival brasileiro foi o ponto de partida de relação duradoura com a América do Sul

É impossível citar a relação do Iron Maiden com o Brasil sem falar da edição inaugural do Rock in Rio. A banda inglesa se apresentou na primeira noite do evento (sendo um dos dois únicos artistas a fazer apenas um show, assim como Rita Lee), em 11 de janeiro de 1985. Os fãs tomaram de assalto a Cidade do Rock e fizeram do grupo de Steve Harris os donos da noite, mesmo o headliner sendo o Queen.

Em entrevista à Kerrang! em 2020, Bruce Dickinson destacou alguns dos maiores momentos da Donzela de Ferro nos palcos mundo afora. Obviamente, o debut no Rio de Janeiro não poderia ter ficado de fora.

- Advertisement -

“Foi um show incrível, mas eu estava muito nervoso. Nem consegui dormir depois. Normalmente levo algumas horas para relaxar, mas desta vez estava tão cheio de adrenalina que não passava. A cerveja não teve efeito. Lembro-me de ficar acordado a noite toda, vendo o amanhecer e ainda estar totalmente cheio de energia nervosa. Você não pode fazer coisas assim com muita frequência ou pode acabar morrendo! Quando finalmente me acalmei fiquei esgotado. Lembro-me de pensar depois que não poderia ter feito mais, não havia uma única célula em meu corpo que não estivesse exausta. E você pode ver isso nas filmagens.”

Hoje, é fato que o Maiden possui relação especial com o Brasil e seus vizinhos. E o concerto foi fundamental nisso.

Leia também:  Os músicos que Flea escolheria para sua banda dos sonhos

“Conquistamos um continente inteiro da noite para o dia com aquele show. Ter o alcance e o perfil que construímos na América do Sul foi simplesmente extraordinário. A América do Norte já tínhamos percorrido. Mesma coisa a Europa Oriental – ainda tínhamos a Rússia para ir, mas isso viria mais tarde. Tínhamos ido ao Japão, Austrália e Nova Zelândia. Agora éramos uma banda global! Era um longo caminho desde Bolonha, onde aconteceu meu primeiro show com a banda!

Eu senti como se o mundo tivesse encolhido. Nós meio que conquistamos todos os lugares. Mas foi um trabalho árduo. A World Slavery Tour foi ótima, mas em um nível pessoal eu pensei, ‘Bem, está tudo muito bem, mas não posso continuar com outra turnê de 13 meses.’ Acabei viajando no banco de trás criativamente no álbum seguinte, Somewhere In Time, porque eu estava basicamente acabado. Achei que poderia até sair. Não foi o que aconteceu, é claro, embora aquela turnê tenha me deixado completamente esgotado. Mas o Rock In Rio foi simplesmente inacreditável.”

Iron Maiden no Brasil

O Iron Maiden regressaria em 1992, aí sim para uma turnê mais extensa ao invés de apenas uma apresentação. Desde então, o grupo passou por esses lados do mapa em todas as excursões posteriores promovendo novos discos – exceção à de “A Matter of Life and Death”, realizada entre 2006 e 2007.

Leia também:  A opinião de Rob Halford (Judas Priest) sobre o Sleep Token

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesIron Maiden conquistou continente em um dia, afirma Dickinson sobre Rock in...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades