Hanson comemora 30 anos de carreira com setlist singular em São Paulo

Trio conquista plateia no Espaço Unimed ao apostar na mescla de grandes sucessos e canções novas

Depois de passar por Porto Alegre, Curitiba e Ribeirão Preto, o Hanson trouxe a turnê Red Green Blue 2022 para São Paulo. O show aconteceu no último sábado (15), no Espaço Unimed, antigo Espaço das Américas. No Brasil, as apresentações da banda seguiram ainda para Uberlândia, Brasília e Rio de Janeiro, respectivamente nos dias 16, 19 e 21.

Além de celebrarem os 30 anos da banda, os irmãos Clarke Isaac Hanson (guitarra, baixo, piano e vocal), Jordan Taylor Hanson (piano, percussão e vocal) e Zachary Walker Hanson (bateria, piano e vocal) promovem o álbum “Red Green Blue”. Lançado no último mês de maio, o disco é como a junção de três projetos solo dos integrantes, com cada irmão compondo e produzindo um terço da obra (“Red” é de Taylor, “Green” representa Isaac e “Blue” tem autoria de Zac).

- Advertisement -

Com a casa cheia, mas não lotada a ponto de esgotar a capacidade máxima de 8 mil pessoas da casa de shows, o grupo reuniu um público majoritariamente feminino. Muitas fãs levaram namorados, maridos e filhos para curtir junto.

*Fotos de Jeff Marques / @mulekedoidomemo

Começa o som

Sem banda de abertura, a discotecagem da apresentação ficou por conta da casa de eventos. A tracklist foi composta por clássicos do rock, desde Joan Jett, Queen a Nirvana. Pontualmente às 21h, o Hanson subiu ao palco.

Com um cenário simples e sem grandes efeitos visuais, o show contou com uma bandeira ilustrativa da capa do álbum “Red Green Blue” ao fundo, com luzes intercalando suas cores temáticas. A abordagem minimalista faz sentido, já que a ideia era destacar o talento musical de seus integrantes – meta atingida com sucesso, como falaremos mais adiante.

A abertura ficou por conta da roqueira “Fired Up”, recebida aos gritos e palmas da plateia. Na sequência, vieram os hits “Where’s the Love” e “A Minute Without You”. Já no começo da apresentação pôde-se perceber a musicalidade mais madura da banda. Chama atenção ainda o tom menos agudo da voz de Taylor – o que é esperado, visto que a voz acompanha o desenvolvimento natural do organismo.

Entre hits e novidades

O repertório do Hanson ficou marcado pelo trânsito entre antigas músicas já conhecidas do público e novidades dos álbuns mais recentes. “Against the World”, do álbum de mesmo título lançado em 2021, não empolgou tanto os presentes, mas a energia logo foi recuperada com “Thinking of you” e Taylor “soltando os pulmões” na gaita. Os fãs acompanharam em coro e, como de praxe nos shows atuais, registraram tudo em seus celulares. Em “If Only”, a banda conquistou totalmente a plateia, que pulou e vibrou muito.

O clima de aceitação foi aproveitado pela banda – e preservado pelo público – na performance do single “Don’t Let Me Down”, novo rock composto por Zac para o “Red Green Blue”. Já em “Been There Before”, Taylor deixou os fãs cantarem o refrão, num momento que não apenas gera interação como também permite poupar um pouco da voz.

Depois de conversar um pouco com a plateia e agradecê-los pela presença, o vocalista anuncia a emotiva “Child at Heart”, composta e produzida por ele para o novo álbum. A apresentação foi bem fiel à versão de estúdio e o público estava com a letra na ponta da língua. Apesar do som estar um pouco mais alto nessa hora, a qualidade da performance foi mantida.

Solos e novos arranjos

O repertório seguiu com os singles “Weird” e “Go” para, então, dar início à fase de solos e performances acústicas que destacou ainda mais o lado criativo dos músicos. Para começar, Zac foi para o teclado e performou sozinho “Broken Angel”. Em seguida, o trio fez uma versão acústica de “Madeline”, faixa que não havia entrado nos setlists dos outros shows no Brasil.

Chegou então a vez do solo de Isaac, com mais uma surpresa para o repertório paulistano: “For your love”, com pedidos do músico para a plateia cantar junto. Dessa vez, quem registrou o momento pelo celular foi Zac. O centro das atenções continuou na musicalidade de Isaac, que aproveitou para anunciar um dos singles do álbum “Red Green Blue”, a country “Write You a Song” – segundo ele, composta para sua filha.

Leia também:  Lenny Kravitz confirma show único no Brasil para novembro

Jogo de cores

Com luzes verdes no palco, o Hanson tocou o hit “Penny & me”, seguida de “This Time Around”, representada visualmente por luzes vermelhas. Além das palmas e celulares ao alto, a canção fez as mães presentes dançarem muito com suas crianças, mantendo o clima “good vibes” do show.

Na sequência, o Hanson trouxe “Can’t Stop”, com direito a uma parte em ritmo de salsa. Os irmãos aproveitaram o momento para fazer uma “jam” e apresentar outra canção do “Red Green Blue”, também exclusiva do setlist de São Paulo: “Cold as Ice”, cantada por Isaac, com direito a tambores e solo de Andrew Perusi, baixista que acompanhou a banda.

Save Me

O trio voltou para os hits com “Thinking ‘Bout Something” e a tão esperada “Save Me”, na versão solo de Taylor, ao piano. Há um fenômeno curioso envolvendo esta última: ela é “queridinha” dos brasileiros por ter feito parte da trilha sonora da novela “Laços de Família” (2000), mas só foi lançada como single aqui e no Reino Unido, nem fez sucesso em outros países. Desta forma, só é presença garantida no repertório durante shows no Brasil.

Para emocionar ainda mais os fãs, o grupo emendou outro grande sucesso: “I Will Come to You”. O coro dos fãs era tão alto que mal se conseguia ouvir a própria banda. Na sequência, dois dos irmãos inverteram os lugares: Taylor foi para a bateria e Zac veio para os teclados para trazer mais uma surpresa para o setlist de São Paulo, “Juliet”. De volta aos postos oficiais, performaram “Only Love”, faixa do álbum “Against the World” bem recebida pelo público.

Momentos finais

Próximo da conclusão do show, o Hanson seguiu com os singles “I Was Born” e seu maior hit, “MMMBop”. Nesta última ficou ainda mais evidente o tom mais grave da voz de Taylor quando se comparado ao início da carreira – fato natural e que não diminui a competência do cantor, que ainda era um adolescente quando ficou mundialmente famoso.

O encerramento do set regular ficou a cargo de “Get the Girl Back”, que contou o emocionante momento em que Taylor pegou de uma fã a bandeira do Brasil e a colocou em seu teclado.

Após um breve intervalo, a banda retornou ao palco para o bis, embalado pela simbólica “I Don’t Wanna Go Home” e “Lost Without Each Other”. Ao fim, os irmãos agradeceram e tiraram a clássica foto do palco, com a plateia de fundo.

Durante cerca de duas horas e meia de show, o Hanson mesclou seu repertório atual com os grandes sucessos que marcaram sua carreira. A atmosfera foi dançante e o público curtiu muito do início ao fim.

A apresentação explorou bem os talentos musicais de cada integrante, deixando claro que a banda seguiu um caminho mais maduro em termos musicais. A proposta segue pop rock, mas com diversos outros elementos que “temperam” sua sonoridade, com direito a influência de gêneros como blues e country. Não é toda banda que sobrevive por 30 anos no meio artístico e isso se justifica quando se vê os irmãos no palco.

*Fotos de Jeff Marques / @mulekedoidomemo

Hanson – ao vivo em São Paulo

  • Local: Espaço Unimed
  • Data: 15 de outubro de 2022
  • Turnê: Red Green Blue 2022

Repertório:

  1. Fired Up
  2. Where’s The Love
  3. A Minute Without You
  4. Against the World 
  5. Thinking of You
  6. If Only
  7. Don’t Let Me Down
  8. Been There Before
  9. Child At Heart
  10. Weird
  11. Go
  12. Broken Angel (Solo Zac)
  13. Madeline (Acústico)
  14. For your love (Isaac solo)
  15. Write You a Song
  16. Penny & Me
  17. This Time Around
  18. Can’t Stop
  19. Cold as Ice  jam
  20. Thinking ‘Bout Somethin’
  21. Save Me (Taylor solo – capela)
  22. I Will Come To You
  23. Juliet
  24. Only love
  25. I Was Born
  26. MMMBop
  27. Get the Girl Back

Bis:

  1. I Don’t Wanna Go Home
  2. Lost Without Each Other

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioResenhasHanson comemora 30 anos de carreira com setlist singular em São Paulo
Juliana Tancler
Juliana Tanclerhttps://igormiranda.com.br/
Juliana Tancler é Relações Públicas graduada pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e pós-graduada em Comunicação e Marketing pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Comunicação há mais de 13 anos. É colaboradora do site do jornalista Igor Miranda, para o qual produz matérias, artigos e resenhas sobre o mundo do jornalismo musical.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades