Fabio Lione conta como foi sondado pelo Angra após saída de Andre Matos

Vocalista italiano só se juntou à banda brasileira na década de 2010, mas ideia era tê-lo ainda antes

Antes de Edu Falaschi ser efetivado no Angra no ano 2000, o atual vocalista da banda, Fabio Lione, foi sondado para a vaga. O próprio Lione contou a história, em 2021, durante entrevista ao Flow Podcast.

O cantor italiano disse que o guitarrista Kiko Loureiro, com quem já cultivava uma amizade, o convidou para substituir Andre Matos, vocalista original que havia saído naquele período. Na época, o artista italiano integrava o Rhapsody, hoje chamado Rhapsody of Fire.

“O primeiro show que fiz no Brasil, convidei o Kiko. Kiko participou do show e Rafael estava lá. No dia seguinte, Kiko e Rafael me falaram que tinham problemas com Andre e perguntaram se eu queria, se estava interessado em uma possibilidade de fazer o novo álbum com a banda.”

- Advertisement -

A apresentação à qual Fabio se refere foi realizada com sua outra banda, o Vision Divine, em 25 de novembro de 2000, no Via Funchal, em São Paulo. Na ocasião, Kiko Loureiro se juntou ao grupo para uma versão de “Wasted Years”, clássico do Iron Maiden.

Leia também:  Edu Falaschi anuncia 15 shows da turnê “Rebirth Live in SP Revisited”

Recusando o Angra pela… namorada?

Como Fabio Lione e Kiko Loureiro eram amigos já há algum tempo, o vocalista negou o convite de forma sincera, sem rodeios.

“Eu já conhecia Kiko, ele ficou na Itália por um tempo, era meu amigo. Então fui sincero: ‘Rafa, Kiko, tenho namorada na Itália’. Era minha primeira namorada. Além disso, tinha o Vision Divine, Rhapsody, outros projetos. E eu tinha 23 anos de idade. Havia um pouco de medo de sair da Itália para o Brasil.”

Edu Falaschi recomendado

Para a vaga deixada por Andre Matos, Fabio Lione acabou por seguir o nome de Edu Falaschi, cujo trabalho ele também conhecia.

“Falei: ‘tenho um amigo brasileiro que mora em São Paulo, o Eduardo, e acho melhor para a banda tentar. Ele compõe legal, tem um álbum f#da, muito bom. Está mais perto, não tem compromisso com muitas bandas, é brasileiro… acho que é mais fácil.”

Todo o conceito do novo disco do Angra estava pensado antes mesmo da entrada de Falaschi, segundo Lione.

“O Kiko já tinha a ideia do nome do álbum, ‘Rebirth’. Já estava na cabeça que seriam quatro músicas dele, quatro músicas do Rafa e quatro músicas minhas.”

Enfim, Fabio Lione

A passagem de Edu Falaschi pelo Angra durou até 2012. Foi quando o nome de Fabio Lione voltou a ser cogitado pela banda – e desta vez o vocalista aceitou o convite.

“Quando ele me chamou de novo, em 2012, não fiquei surpreso. A fase com Edu havia acabado. A situação era diferente: não era mais o cara de 23 anos. A namorada não era mais a mesma (risos), infelizmente. Falei: ‘quer saber… vamos fazer’.”

Com o grupo, Lione gravou os álbuns de estúdio “Secret Garden” (2014) e “Ømni” (2018), além do ao vivo “Angels Cry 20th Anniversary Tour” (2013). Um terceiro disco de inéditas deve ser lançado em 2023.

Leia também:  As músicas dos Beatles em “Sgt. Peppers” que John Lennon não gostava

*Foto da matéria: Gustavo Maiato

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesFabio Lione conta como foi sondado pelo Angra após saída de Andre...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades