Marko Hietala conta como saída do Nightwish está relacionada à depressão

Músico, que detalhou sua condição atual, segue realizando tratamentos médicos e afastado da indústria musical

O baixista e vocalista Marko Hietala voltou a falar sobre a decisão de sair do Nightwish, anunciada ano passado.

Em entrevista ao Chaoszine, transcrita pelo Blabbermouth, o músico revelou ter passado por um período sombrio em sua vida, que incluiu depressão, insônia, ansiedade e um eventual diagnóstico de transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH).

“Foi um processo longo. Claro, o início da pandemia me deu muito tempo para refletir. Foi o último incentivo para me dar conta de que eu precisava de outra coisa. Concluí que se continuasse iria ficar cada vez mais doente. Sou depressivo crônico desde 2010 ou 2011. Tomo medicação de forma permanente desde então. Às vezes você se acostuma com os remédios e precisa de mais. Aumentamos a dosagem durante os anos também, mas simplesmente não funcionava.

Já faço psicoterapia por mais de 4 anos, além de conversar com psiquiatras e outros médicos. Meu psiquiatra aqui na Finlândia disse que eu deveria fazer esses testes neuropsicológicos de TDAH, que eu fiz na Espanha. E, tudo bem, eu consegui a resposta que buscava.”

Hietala reiterou que a decisão de deixar o Nightwish exigiu um pensamento longo de sua parte. E envolveu outro acontecimento importante em sua vida.

“Foi algo muito pesado. Com o distúrbio de atenção, quando há muitos problemas, tudo se transforma em um verdadeiro caos. Há um monte de coisas indo e vindo, sem paz em lugar nenhum. Por um ano ou dois, acordava às 3 da madrugada com pesadelos e ansiedade. Diria que todo o processo provavelmente começou já com meu divórcio, em 2016. Foi uma época muito triste quando você pensa em seus filhos, lares desfeitos e tudo mais. E então, quando comecei a me livrar de todos os tipos de coisas. Eu realmente não quero ir mais fundo no que passei, mas foi o suficiente.”

Marko reconhece que sua participação no último álbum do Nightwish, “Human. :II: Nature.”, foi uma experiência “difícil”. Porém, negou que seu estado mental na época tenha resultado em uma menor participação.

“A ideia original era fazer algumas partes com vocais solo, outras revezando com Troy Donockley e Floor Jansen cuidando do resto. Depois viriam as harmonias. Acho que tudo foi mais ou menos como planejado. Mas naquela época eu já tinha sérios problemas de concentração e sérios problemas com uma nuvem constante sobre minha cabeça.”

Marko Hietala atualmente

Por hora, Marko Hietala segue afastado das atividades profissionais. A única aparição recente foi no festival finlandês Tuska Open Air, quando o projeto Northern Kings realizou show de reunião após uma década sem atividades. A apresentação aconteceu no último dia 1º de julho.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
4
Share