Richie Sambora diz ter concluído novo álbum: “não faço mais músicas ruins”

Guitarrista cita rotina diária de composição para afiar seus instintos criativos; declaração também pode soar como provocação à sua antiga banda, o Bon Jovi

Ex-integrante do Bon Jovi, o guitarrista Richie Sambora disse ter concluído um novo álbum solo recentemente. Seu último disco foi disponibilizado em 2018, ainda durante a parceria com Orianthi batizada de RSO, mas ele não lança um trabalho propriamente solo há uma década.

O assunto foi abordado por Sambora durante a cerimônia da premiação Nordoff Robbins O2 Silver Clef Awards, na Inglaterra, em entrevista ao Red Carpet News TV. A transcrição é do Blabbermouth.

“Tenho um novo disco que está pronto para sair e eu meio que o segurei durante a pandemia. Diria que no outono (primavera no hemisfério sul) iremos lançá-lo.”

Segundo o guitarrista, a rotina mais calma da pandemia fez com que ele praticasse o exercício de compor com muita frequência, o que, em sua visão, o fez melhorar nesse sentido. Isso chegou a um ponto onde ele já crava sem medo: Sambora garante que não cria mais uma música ruim sequer, no que também parece ser uma provocação aos recentes trabalhos do Bon Jovi.

“Estou muito orgulhoso dele (o álbum). Não faço mais músicas ruins, não faço isso, não acontece mais. E as pessoas que trabalham comigo ficam tipo ‘isso é besteira’. Mas não é difícil para mim. Tenho sorte desse jeito.

E mais: eu componho o tempo todo, então é como um exercício diário para mim. Tento aparecer com alguma coisa todo dia. É como ter um diário. É como manter um diário dos seus pensamentos, manter um diário do que está acontecendo na sua vida, como você está se sentindo.”

Richie Sambora fora do Bon Jovi

Richie Sambora saiu em definitivo do Bon Jovi no ano de 2013, após ter se ausentado em alguns shows das turnês anteriores. À época, alegou precisar passar mais tempo em casa, dedicando atenção à criação de sua filha. Sua vaga foi ocupada por Phil X. Desde então, só se reuniu com a banda na cerimônia de indução ao Rock and Roll Hall of Fame, realizada em 2018.

Em anos recentes, lançou um álbum e dois EPs do projeto RSO, com a guitarrista Orianthi Panagaris, com quem teve um relacionamento. Seu último disco solo foi “Aftermath of the Lowdown”, de 2012. O novo trabalho vinha sendo preparado desde antes da pandemia, tendo o produtor Bob Rock e o baterista Tommy Lee (Mötley Crüe) entre os envolvidos.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share