O que Siouxsie Sioux pensa do rótulo “rainha do gótico”

Vocalista do Siouxsie and the Banshees tem problemas com a forma como o termo era usado pela imprensa

A importância de Siouxsie Sioux pode ser medida através de uma simples observação dos inúmeros músicos de diferentes épocas e estilos que foram influenciados. Não apenas pelas produções à frente do Siouxsie and the Banshees, mas como ícone visual e comportamental.

Mesmo assim, a frontwoman revelou ao The Guardian, em 2005, que o rótulo “rainha do gótico” a incomodava. Especialmente pelo fato de que definições do tipo acabam limitando a visão das pessoas por algo que é muito mais profundo na essência.

- Advertisement -

Conforme resgatado pelo site Far Out Magazine, ela declarou:

“Odeio isso. O gótico em seu sentido mais puro é, na verdade, um gênero muito poderoso e distorcido. Mas a maneira como ele estava sendo usado pelos jornalistas sempre me pareceu uma tentativa de passar uma imagem de horror brega, que acaba sendo tudo menos apavorante.”

Sobre Siouxsie Sioux

Nascida em Londres no dia 27 de maio de 1957, Susan Janet Ballion esteve à frente do Siouxsie and the Banshees de 1976 a 1996. A banda lançou 11 discos e emplacou vários hits no top 20 britânico. Também comandou o The Creatures entre 1981 e 2005, quando passou a se dedicar à carreira solo.

Leia também:  A bizarra morte de Brandon Lee, durante filmagens de “O Corvo”

Seu lançamento mais recente é o single “Love Crime”, de 2015. A música entrou na trilha da série televisiva “Hannibal”, tendo entrado nas edições físicas da soundtrack da terceira temporada.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO que Siouxsie Sioux pensa do rótulo “rainha do gótico”
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades