Foto: @thebandghost / Instagram

Tobias Forge admite que música brasileira influenciou o Ghost em “Twenties”

Vocalista e líder da banda sentiu-se inspirado após assistir a uma reportagem sobre artista brasileiro, “um rapper ou algo do tipo”, que fazia shows na favela: “uma das coisas mais agressivas que já vi, musicalmente falando”

Tobias Forge falou sobre “Twenties”, single lançado pelo Ghost para promover o álbum “Impera”, em entrevista a Zane Lowe no Apple Music 1. De acordo com o Papa Emeritus IV, a inspiração para a composição já existia há uma década. E veio de um cenário que deixará surpresos os fãs da banda no Brasil.

Conforme transcrito pelo Metal Injection, ele declarou:

“Estava assistindo um programa cultural na TV sueca. Passou uma reportagem sobre esse artista do Brasil, um rapper ou algo do tipo. Ele atuava em um nível underground, fazia festas de rua. Lembro que era um show na favela. Milhares de pessoas em uma espécie de quintal, tudo escuro. Foi uma das coisas mais agressivas que já vi, musicalmente falando.”

Pelo cenário descrito, Tobias parece estar se referindo a um baile funk. O que chamou a atenção do músico foi o fato de um ambiente tão denso ainda assim possuir uma conotação festiva.

“Sou um cara do death, black metal, do punk… que obviamente possuem essa ideia de violência e perigo. Mas ali era uma festa. Todo mundo estava pulando e cantando junto. Senti que um dia deveria escrever uma música nesse formato, no sentido de ser agressiva e ao mesmo tempo divertida. Dez anos se passaram desde então e ela veio.”

“Twenties”, uma “convocação”

Em matéria de capa da revista Metal Hammer, Forge havia descrito “Twenties” como:

“Uma convocação. Pode ser vista como uma música muito otimista sobre um futuro onde podemos seduzir as pessoas e ferrar com tudo. Dá para interpretar como uma faixa festiva, se você gosta dessas coisas.”

Ghsot e “Impera”

Quinto álbum do Ghost, “Impera” sai no dia 11 de março. Parte do conceito lírico é baseado no livro “The Rule of Empires: Those Who Built Them, Those Who Endured Them, and Why They Always Fall” (traduzindo: “A regra dos impérios: aqueles que os construíram, aqueles que os suportaram e por que eles sempre caem”). Na obra, o autor Timothy Parsons oferece um relato abrangente da evolução do conceito de império, desde suas origens na Roma antiga até sua mais recente incorporação no século 20.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
14
Share