Judas Priest voltará aos palcos como quarteto, sem Andy Sneap

Apresentações da banda em 2022 terão apenas Richie Faulkner na guitarra, numa configuração que não era usada desde 1974

O Judas Priest anunciou que a volta aos palcos será como um quarteto, tendo apenas Richie Faulkner na guitarra. Andy Sneap se ausentará para se dedicar aos trabalhos como produtor, sua atividade principal nas últimas décadas.

Em nota oficial, a banda declarou:

“Olá, maníacos! Estamos ansiosos para voltar a excursionar pelo mundo comemorando os 50 anos do Judas Priest como uma banda de heavy metal de quatro integrantes ainda mais poderosa e implacável – com Glenn (Tipton) subindo no palco conosco aqui e ali como antes.

Muito obrigado a Andy por tudo que você fez e continuar a estar na equipe de produção do nosso novo álbum… vemos vocês em breve, headbangers!”

Será a primeira vez desde 1974 que o grupo tocará com apenas um guitarrista. À época, K.K. Downing era o único responsável pelo instrumento. A seguir, Glenn Tipton entraria e formaria o duo que se tornou marca registrada nas décadas seguintes.

Andy Sneap se manifesta

Horas após o anúncio, em nota enviada ao site Blabbermouth, Andy Sneap expôs o seu lado da história. Mostrando-se grato pelo período em que esteve na banda, o músico não deixou de ressaltar sua tristeza com a decisão.

“Rob (Halford, vocalista) me ligou na última segunda-feira e disse que eles queriam seguir em frente como um quarteto, o que achei incrivelmente decepcionante após todo esse tempo. Mas respeito a decisão. Obviamente, eles possuem uma visão de como querem fazer isso.”

Sneap deixou claro continuar ao dispor do grupo para seguir trabalhando no novo disco, independente de sua posição como integrante.

“Sempre foi uma situação temporária. Como já disse em outras oportunidades, sempre estive pronto para ajudar a banda da maneira que fosse possível. Isso inclui o futuro. Sou um grande fã desde o início dos anos 1980. Foi incrível dividir o palco com eles, embora assustador logo no início, quando me chamaram em caráter de urgência. Seguiremos trabalhando no próximo álbum mês que vem. Estou ansioso para que possamos fazer uma sequência matadora para ‘Firepower‘.”

Judas Priest e a 50 Heavy Metal Years Tour

A 50 Heavy Metal Years Tour foi interrompida ano passado após Richie Faulkner sofrer um aneurisma da aorta durante um show em setembro do ano passado, em Louisville, Estados Unidos.

Os shows serão retomados a partir de março, cumprindo o restante da agenda norte-americana. O Queensrÿche será atração de abertura.

* Texto atualizado às 16h30 para incluir posicionamento de Andy Sneap.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
71
Share