Foto: reprodução / Facebook

De Aerosmith a Mudhoney, os 50 discos favoritos de Kurt Cobain

Lista mostra um pouco das influências do líder do Nirvana, que não restringia seu gosto musical ao punk/alternativo

Publicado em 2002, o livro “Journals” (lançado no Brasil como “Diários de Kurt Cobain”) compila uma série de rascunhos e desenhos de Kurt Cobain encontrados em cadernos e diários. Em um deles, o líder do Nirvana escolhe seus 50 discos preferidos.

Como esperado, o domínio é do punk, com trabalhos de bandas como Sex Pistols, Black Flag, The Clash e Bad Brains. Também há espaços para contemporâneos do grunge/alternativo, como Mudhoney e Sonic Youth).

Porém, a lista chama atenção por apresentar um pouco das influências diversas do artista. Nomes como Aerosmith, Beatles, Public Enemy, Pixies, Gang of Four, The Knack e David Bowie mostram que o gosto musical de Kurt Cobain não se restringia a um subgênero do rock.

Também é interessante reparar como alguns aparecem com nomes errados, o que pode denotar o fato de que muito material foi obtido através da troca de fitas – algo comum e que acabava gerando muitos desencontros à época.

Confira a lista a seguir.

Os 50 discos favoritos de Kurt Cobain

  1. Iggy & The Stooges – Raw Power (1973)
  1. Pixies – Surfer Rosa (1988)
  2. The Breeders – Pod (1990)
  3. The Vaselines – Dying for It (1988, listado como Pink EP)
  4. The Shaggs – Philosophy of the World (1969)
  5. Fang – Landshark! (1982)
  1. MDC – Millions of Dead Cops (1981)
  2. Scratch Acid – Scratch Acid (1984, listado como primeiro EP)
  3. Saccharine Trust – Paganicons (1981, listado como primeiro EP)
  4. Butthole Surfers – Pee Pee the Sailor (1983)
  5. Black Flag – My War (1984)
  1. Bad Brains – Rock for Light (1983)
  2. Gang of Four – Entertainment! (1979)
  3. Sex Pistols – Never Mind the Bollocks, Here’s the Sex Pistols (1977)
  4. The Frogs – It’s Only Right and Natural (1989)
  5. PJ Harvey – Dry (1992)
  6. Sonic Youth – Daydream Nation (1988)
  1. The Knack – Get the Knack (1979)
  2. The Saints – Know Your Product (1978)
  3. Kleenex – qualquer coisa (gravações entre 1978 e 1983, compiladas na antologia Kleenex/LiLiPUT de 1993)
  4. The Raincoats – The Raincoats (1979)
  5. Young Marble Giants – Colossal Youth (1980)
  6. Aerosmith – Rocks (1976)
  1. Various Artists – What Is It. (1982, erroneamente listado como What Is This?)
  2. R.E.M. – Green (1988)
  3. Shonen Knife – Burning Farm (K Records version, 1985)
  4. The Slits – Cut (1979, listado como Typical Girls)
  5. The Clash – Combat Rock (1982)
  1. The Faith/Void – The Faith/Void (1982)
  2. Rites of Spring – Rites of Spring (1985)
  3. Beat Happening – Jamboree (1988)
  4. Tales of Terror – Tales of Terror (1984)
  5. Leadbelly – Leadbelly’s Last Sessions Volume One (1953)
  6. Mudhoney – Superfuzz Bigmuff (1988)
  1. Daniel Johnston – Yip/Jump Music (1983)
  2. Flipper – Album – Generic Flipper (1982)
  3. The Beatles – Meet the Beatles! (1964)
  4. Half Japanese – We Are They Who Ache with Amorous Love (1990)
  5. Butthole Surfers – Locust Abortion Technician (1987)
  6. Black Flag – Damaged (1981)
  7. Fear – The Record (1982)
  1. Public Image Ltd – The Flowers of Romance (1981)
  2. Public Enemy – It Takes a Nation of Millions to Hold Us Back (1988)
  3. Marine Girls – Beach Party (1981)
  4. David Bowie – The Man Who Sold the World (1970)
  5. Wipers – Is This Real? (1980)
  6. Wipers – Youth of America (1981)
  7. Wipers – Over the Edge (1983)
  8. Mazzy Star – She Hangs Brightly (1990)
  9. Swans – Young God (1984, erroneamente listado como Raping a Slave)
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
23
Share