Chega de aleatório: Adele faz Spotify mudar forma como álbuns são tocados na plataforma

Shuffle segue disponível no app, mas deixa de ser modo padrão para reproduzir discos

O Spotify removeu o recurso de reprodução aleatória padrão de álbuns em sua plataforma. E a “culpada” desta boa notícia é Adele.

A cantora pediu que “30”, seu novo disco, não tivesse a função habilitada como padrão, diferentemente de vários outros álbuns que apareciam já em modo aleatório ao apertar o play. Em publicação no Twitter, a cantora explicou:

“Este foi o único pedido que fiz em toda minha carreira dentro do nosso setor em constante mudança! Não criamos álbuns com tanto cuidado e reflexão na hora de montar a ordem das músicas sem motivo. Nossa arte conta uma história que deve ser ouvida como pretendíamos. Obrigado Spotify por ouvir.”

- Advertisement -

O Spotify tuitou de volta:

“Qualquer coisa para você.”

Spotify despadroniza modo aleatório para álbuns

Controversamente, o Spotify permitiu por muito tempo que o modo aleatório (representado por duas setas que se cruzam) fosse a opção de reprodução padrão para os álbuns, em oposição à ordem das faixas selecionadas pelos próprios artistas. Somente agora a mudança foi aplicada gradualmente, mas usuários já relatam que o shuffle já não é mais a configuração inicial para se ouvir discos.

Leia também:  Veja preços de ingressos para shows de Paul McCartney no Brasil

Em um comunicado divulgado no último domingo (21), o Spotify confirmou a mudança.

“Como Adele mencionou, estamos empolgados em compartilhar que começamos a lançar um novo recurso Premium que há muito tempo é solicitado por usuários e artistas para tornar a reprodução o botão padrão em todos os álbuns.

Para aqueles usuários que ainda desejam embaralhar um álbum, eles podem ir para a tela Reproduzindo Agora e selecionar a opção. Como sempre, continuaremos a aprimorar nossos produtos e recursos para criar as melhores experiências para os artistas e seus fãs.”

“30”, o novo disco de Adele

Quarto álbum de estúdio de Adele, “30” foi gravado entre 2018 e 2021. Vários produtores se envolveram no processo, incluindo nomes como Greg Kurstin, Tobias Jesso Jr., Max Martin e Shellback. As letras abordam temas como o divórcio da cantora, a maternidade e as pressões na vida pessoal causadas pela fama.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasChega de aleatório: Adele faz Spotify mudar forma como álbuns são tocados...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades