Foto: Simon Emmett

Adele progressiva? Música do álbum “30” tinha 15 minutos originalmente

Segundo a própria cantora, “I Drink Wine” teve de ser editada a pedido da gravadora

Adele abre seu novo álbum “30” com registros de voz onde seu filho, Angelo, faz perguntas importantes sobre a vida. Em “I Drink Wine”, é a vez dela fazer o mesmo.

Em entrevista à Rolling Stone, a artista revelou que a poderosa balada tinha originalmente uma duração bem mais extensa que seus 6 minutos e 16 segundos finais. Segundo ela, a faixa ultrapassava os 15 minutos antes de ser editada.

“A gravadora meio que indiretamente deixou claro: ‘ouça, todo mundo te ama, mas ninguém toca uma música de 15 minutos no rádio’.”

“30”, inclusive, traz as primeiras músicas com mais de 6 minutos da carreira de Adele. Além de “I Drink Wine”, há “To Be Loved” e “Love is a Game”, ambas com 6 minutos e 43 segundos de duração; “Hold On”, que marca 6 minutos e 6 segundos; e “My Little Love”, com 6 minutos e 29 segundos.

Sobre “I Drink Wine”, de Adele

“I Drink Wine” foi composta para Adele e uma amiga. A letra a permitiu explicar por que precisava evoluir um pouco mais para estar presente na amizade.

Outro amigo, Jed, sugeriu que a cantora começar a gravar seus momentos de dúvida. Uma dessas conversas sobre seus arrependimentos e relação com a memória aparece ao fim da música.

“Mas por causa desse período de tempo – embora tenha sido muito divertido – eu não pude continuar e criar novas lembranças com ele. Havia apenas lembranças de uma grande tempestade.”

30”, primeiro álbum de Adele em seis anos, está disponível nas plataformas digitais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
8
Share