História do caótico festival Woodstock 99 será contada em documentário do HBO Max

Festival foi marcado por muita confusão e shows variados, que foram de James Brown a Rage Against the Machine

Trinta anos depois do lendário festival de Woodstock, em 1969, uma nova edição do evento foi realizada. Batizada apenas de Woodstock 99, a sequência de shows trouxe uma lista de atrações era bem diferente, mas a confusão não foi menor.

Regada a muita lama, calor e pancadaria, a história desse festival será mostrada em um documentário no HBO Max. O filme, intitulado “Woodstock 99: Peace, Love and Rage”, teve seu primeiro trailer divulgado, dando uma ideia do nível de caos a ser retratado.

- Advertisement -

A prévia conta com depoimentos de testemunhas do festival, como Fred Durst (Limp Bizkit), Moby, entre outros. O documentário estreia no HBO Max no próximo dia 23 de julho, exatamente 22 anos depois do primeiro dia do Woodstock 99.

Leia também:  A condição de Zakk Wylde para gravar músicas novas com o Pantera

O Woodstock 99

Com um line-up eclético, que também deu bastante destaque ao nu metal, o Woodstock 99 foi realizado entre os dias 23 e 25 de julho daquele ano.

O festival trouxe atrações que iam de Korn e Limp Bizkit a Dave Matthews Band e Alanis Morrissette, passando por Metallica, Megadeth e Rage Against The Machine, entre outros. Até mesmo James Brown, padrinho do soul, esteve naqueles palcos.

A lista de artistas era grandiosa, mas o evento, em si, não rolou como o esperado. O caos foi gerado por uma série de fatores que incluem calor extremo, mau funcionamento dos banheiros químicos disponibilizados ao público (não, nem sempre era lama) e altos preços de produtos básicos, como água.

Leia também:  Napalm Death confirma 9 shows no Brasil em outubro

Durante o show do Limp Bizkit, algumas pessoas começaram a arrancar tábuas das estruturas para surfar por cima das grades. Outras apresentações registraram incidentes similares.

Porém, a grande confusão aconteceu mesmo no encerramento, durante o show do Red Hot Chili Peppers. Um grupo pacifista planejava acender velas durante a execução de “Under the Bridge”, mas as peças de cera acabaram sendo usadas em grandes fogueiras espalhadas por toda a plateia, que já estava completamente descontrolada.

https://www.youtube.com/watch?v=dj6OOgl0GpI
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasHistória do caótico festival Woodstock 99 será contada em documentário do HBO...
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades