Foto: reprodução / Facebook - The Rolling Stones

Ronnie Wood, dos Rolling Stones, lutou contra o câncer de novo durante pandemia

O guitarrista Ronnie Wood, dos Rolling Stones, lutou contra um câncer nos pulmões em 2017, recuperando-se algum tempo depois. Agora, ele revelou que voltou ser diagnosticado com a doença durante a pandemia – vencendo-a novamente.

O guitarrista Ronnie Wood, dos Rolling Stones, lutou contra um câncer nos pulmões em 2017, recuperando-se algum tempo depois. Agora, ele revelou que voltou a ser diagnosticado com a doença durante a pandemia – vencendo-a novamente.

O músico de 73 anos falou sobre a doença em entrevista exclusiva ao jornal The Sun, transcrita pelo Blabbermouth. Dessa vez, ele teve um carcinoma, um tipo de câncer mais raro, mas não menos agressivo, que agride células menores e se espalha com mais facilidade.

A doença costuma atingir os pulmões, como no caso de Wood, ou partes como próstata, pâncreas e nódulos linfáticos. Como o problema se manifestou duas vezes em seu órgão respiratório, o culpado não poderia ser outro: o tabagismo, vício que ele abandonou há alguns anos.

Ronnie Wood e o câncer

Citando um trecho de uma máxima dos Alcoólicos Anônimos, Ronnie Wood falou sobre sua recuperação e a fé em um “poder maior” que tem o ajudado a se restabelecer.

“Estou enfrentando um monte de problemas agora, mas por toda minha recuperação, tive que deixar rolar. E quando você deixa o resultado para o seu poder maior, é uma coisa mágica. Isso te traz de volta para a Oração da Serenidade: ‘me conceda a serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar’. É incrível. O que será, será, não tem nada a ver comigo. Tudo o que posso fazer é me manter positivo em minha atitude, ser forte e lutar, o resto é com o meu poder maior.”

Não é de hoje, que o guitarrista dos Rolling Stones tem se apoiado na fé para vencer as dificuldades. Após ter fumado de 25 a 30 cigarros por dia ao longo de cinco décadas, o músico citou, em 2017, que uma “proteção divina” o salvou do câncer naquela ocasião.

“Eu fui muito sortudo, mas sempre tive um anjo da guarda muito forte olhando por mim. Por direito, eu não deveria estar aqui.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share