Iron Maiden estava em guerra com o grunge nos anos 90, diz Blaze Bayley

A década de 1990 representou um período ingrato para as bandas de heavy metal mais tradicionais. Com o Iron Maiden não foi diferente, segundo Blaze Bayley.

Em função do grunge e do rock alternativo como um todo, a década de 1990 representou um período ingrato para as bandas de heavy metal mais tradicionais. Com o Iron Maiden não foi diferente, segundo Blaze Bayley.

Em entrevista ao podcast Crowcast, transcrita pelo Blabbermouth, o vocalista confirmou que o Iron Maiden, banda que integrou entre os anos de 1994 e 1999, estava em guerra contra o grunge, subgênero do rock que dominava o mundo na época. Ele citou um show em específico onde isso ficou evidente.

- Advertisement -

Iron Maiden e Blaze Bayley em… Seattle

Citando uma apresentação em Seattle, cidade dos Estados Unidos considerada o berço do grunge, Blaze disse que todos queriam o fim de bandas como o Iron Maiden, considerada como “dinossauros”. A imprensa britânica também foi citada em meio a esse “cenário de guerra”.

“Quando eu estava no Maiden, estávamos em guerra com o grunge, cara. O grunge estava tentando nos matar. A imprensa no Reino Unido achava que várias bandas eram especiais e queria que o Maiden morresse. Nós entramos no ‘vale da morte’. Tocamos em Seattle no auge do grunge, cara, e foi um dos piores shows que eu já fiz. Havia essas pessoas olhando para nós como se fôssemos algum tipo de dinossauro, tipo, ‘por que eles não morreram ainda?’. Ao mesmo tempo, tinha algumas fileiras na frente gritando ‘Maiden! Yes!’. Foi inacreditável.”

Leia também:  Como internet e gordofobia ajudaram a minar carreira de Alicia Silverstone

https://www.youtube.com/watch?v=E9yLBNa-iCQ

Como o heavy metal sobreviveu ao grunge

Emendando o assunto, Blaze Bayley também deu sua opinião sobre como o heavy metal sobreviveu a essa verdadeira “era das trevas” para o estilo, enquanto o grunge perdeu muita força com o passar dos anos.

Para o vocalista, a “luta pela existência do verdadeiro heavy metal” foi superada pelos fãs, citando a si próprio como um exemplo de perseverança na cena pesada.

“Desculpe, mas o grunge era um modismo. E a melhor coisa sobre o que eu faço é que não é um modismo. Eu sempre fui impopular e é por isso que eu durei tanto tempo. Sou pequeno, mas se eu fosse realmente popular, eu teria surgido e sumido. ‘Já ouviu falar do Blaze Bayley? Sim, não é aquele artista pequeno, uma figura cult? Sim’ E eles têm falado isso por 25 anos, a mesma coisa. Então, por causa disso, eu não desapareci. Se todos gostassem de mim, seria o beijo da morte para minha carreira.”

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesIron Maiden estava em guerra com o grunge nos anos 90, diz...
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades