Notícias

‘M*rdas acontecem’, diz Bruce Dickinson sobre diagnóstico de câncer


O vocalista Bruce Dickinson falou, em entrevista à revista Beat, sobre a sua recente luta contra um câncer na língua. O diagnóstico foi revelado ao público em fevereiro de 2015 e a cura completa foi conquistada em maio do mesmo ano.

O cantor do Iron Maiden destacou que as pessoas “andam na ponta dos pés” com relação ao câncer, pois têm receio de debater o assunto. Por isso, ele decidiu falar sobre o assunto em seu já lançado livro autobiográfico, “Bruce Dickinson: Uma Autobiografia” (“What Does This Button Do?”, no título original).

“É uma das coisas das quais as pessoas têm medo. Falo disso com detalhe (na autobiografia ‘What Does This Button Do?’). Vejo minha doença com alguns momentos de humor negro e acho que as pessoas precisam saber que é possível, primeiramente, sobreviver, e, em segundo lugar, enxergar esse processo como algo pelo qual você está passando”, afirmou.

– Leia: Bruce Dickinson se incomodou com reação machista ao seu câncer

Em seguida, Dickinson reforçou seu entendimento a respeito da doença. “Não é algo pessoal, não é o único, não é karma, não é a vingança de alguém. É apenas uma m*rda que acontece. E acho que quando você aceita isso, passa a ter uma atitude positiva no tratamento. Quando escrevi o livro, tive que decidir qual seria minha abordagem mental a respeito da doença que, na verdade, faz parte de mim. Pensei em tratá-la como um hóspede não-convidado que veio ao meu corpo e dizer: ‘obrigado, você teve a sua chance, agora, por favor, deixe o prédio, tchau'”, disse.

Por fim, o vocalista disse ser um cara otimista, que sempre vê o copo “meio cheio” em vez de “meio vazio”. “Quase sempre consigo perceber uma forma de deixar as coisas mais positivas. Há pouco sentido em tomar uma atitude negativa, porque não há para onde ir depois disso. Você precisa fazer alguma coisa”, afirmou.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Apaixonado por rock desde a pré-adolescência, começou a escrever sobre música na internet em 2007. Anos depois, co-fundou o site Van do Halen e trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia. Atualmente, é redator-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia sites como o Cifras, Ei Nerd e outros. Também é redator do Whiplash.Net, o maior site de rock e heavy metal do Brasil.
http://igormiranda.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *