Pichação do Kiss surge em escultura histórica de catedral espanhola

Uma escultura do século 12 presente na fachada dos Ourives da catedral de Santiago de Compostela, na Espanha, surgiu com uma pichação bastante curiosa. A arte sofreu uma ação de vandalismo que simula a icônica máscara de “Catman”, usada pelo baterista do Kiss, Peter Criss, e mantida hoje por Eric Singer, além da inscrição do logo da banda.

A pichação ocorreu apenas uma semana depois da fachada do Pórtico da Glória ter sido renovada. A intervenção para restaurar o local durou cinco anos e havia recuperado suas cores originais. Até o momento, não foi localizado o responsável pelo ato de vandalismo.

– Leia: A péssima 1ª impressão que Paul Stanley teve de Gene Simmons

“Importante: divulguem, por favor. A Catedral de Santiago é Patrimônio da Humanidade. Pertence a todos nós. Essa pichação, além de ser uma falta de respeito e civismo, é um crime. Ajude-nos a encontrar os responsáveis”, publicou a Polícia Nacional da Espanha pelo Twitter.

🚩IMPORTANTE, DIFUSIÓN POR FAVOR
La Catedral de Santiago es Patrimonio de la Humanidad. Nos pertenece a todos. Estas pintadas, además de una falta absoluta de respeto o civismo, son DELITO.
Ayúdanos a encontrar al responsable/s.

Si sabes algo: 📞091 pic.twitter.com/bIXDVf6JDu

— Policía Nacional (@policia) 6 de agosto de 2018

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share