Journey: em 1991, o último show com Steve Perry

Foto: Tim Mosenfelder / Getty Images

O último show de Steve Perry como vocalista do Journey ocorreu em uma situação, no mínimo, curiosa.

A apresentação, com menos de dez minutos de duração, ocorreu em um evento promovido em memória de um empresário do showbusiness, Bill Graham. A performance, ocorrida em 3 de novembro de 1991, foi realizada quase cinco anos depois do último show completo do Journey, em 1° de fevereiro de 1987, na “Raised On Radio Tour”.

- Advertisement -

Naquele período, o grupo vivenciava um hiato – justamente em um de seus grandes momentos comerciais, visto que “Raised On Radio” havia feito sucesso e os álbuns anteriores são os maiores clássicos da discografia do grupo. Todavia, a pausa foi interrompida especificamente para aquela situação, que havia reunido 300 mil pessoas no Golden Gate Park, em San Francisco, Estados Unidos.

Leia também:  Por que Eddie e não Alex toca bateria em “Van Halen III”, segundo produtor

Somente três músicas foram tocadas pelo Journey na ocasião. “Faithfully”, “Lonely Road Without You” e “Lights” foram as escolhidas.

A vibe negativa, causada, obviamente, por ser um show em memória de uma pessoa recém-falecida, foi acrescida de um elemento ainda mais estranho: a performance contou apenas com Steve Perry nos vocais, Neal Schon na guitarra e Jonathan Cain nos teclados. O baixista Randy Jackson e o baterista Mike Baird, que estavam na formação mais recente do grupo até então, não compareceram.

O hiato do Journey durou até 1995, quando o grupo, enfim, optou por se reunir para lançar “Trial By Fire” (1996). O álbum seria acompanhado de uma turnê, mas Steve Perry machucou o quadril enquanto caminhava no Havaí, no verão de 1997. Ele precisou de uma cirurgia – a qual ele se recusava a fazer – e os demais membros do Journey decidiram seguir com outro vocalista, Steve Augeri.

Leia também:  O músico brasileiro que Ian Anderson ouvia no auge do Jethro Tull

Desde então, o Journey seguiu sua trajetória. Steve Augeri foi substituído por Jeff Scott Soto, que logo de lugar a Arnel Pineda. Já Steve Perry se manteve recluso nas últimas décadas, acometido por outros problemas de saúde (ele chegou a ter câncer de pele) e confortável em uma vida sustentada por royalties e glórias do passado.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesJourney: em 1991, o último show com Steve Perry
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades