O ingrediente que fazia o grunge ser incrível, segundo Stone Gossard (Pearl Jam)

Guitarrista, que passou por uma série de bandas pioneiras do gênero, relembrou o senso de comunidade que marcou a época de ouro

Há quatro décadas se dedicando integralmente ao grunge — sim, bem antes de seu estouro ou mesmo de sua rotulação com tal nome —, Stone Gossard tornou-se um pilar do gênero. Personagem onipresente na história do rock de Seattle, o guitarrista passou por bandas pioneiras como Green River e Mother Love Bone antes de alcançar o mainstream com o Pearl Jam

Em entrevista ao NME, a época de ouro do grunge foi abordada e o músico destacou suas memórias favoritas do período. Além das colaborações com Andrew Wood — vocalista da MLB que faleceu antes da consagração do movimento — e com o produtor Brendan O’Brien, Gossard citou a segunda edição do Lollapalooza, que aconteceu em 1992 e reuniu nomes como Red Hot Chilli Peppers, Pearl Jam e Soundgarden

- Advertisement -

Ele disse:

“Fazer música com Andy Wood, trabalhar no Temple of the Dog com Chris Cornell. O Pearl Jam fazer nosso primeiro álbum ‘Vs’ (1993) com Brendan O’Brien, e o quanto ele nos impactou, e como eu era grato pela musicalidade e generosidade dele conosco. No Lollapalooza, realmente havia um senso de comunidade naquele grupo de pessoas.”

Relembrando o clima descontraído dos bastidores do festival, Stone destacou o desleixo como principal qualidade dos anos iniciais do grunge. O guitarrista afirmou:

“Assistir ao Ice Cube tocar todas as noites e pensar que é o melhor, que o Ice Cube e a banda da qual faço parte estão tocando no mesmo dia. Houve um período muito divertido no começo, onde estávamos todos bêbados o tempo todo e isso fazia parte da alegria desenfreada de estar no palco. Somos ruins e estamos apenas bêbados e isso é ótimo, todos estão se divertindo e não é isso incrível? Aquela era do Mudhoney foi muito divertida. As pessoas eram desleixadas.”

Leia também:  O arrependimento de Kerry King em parceria com o Beastie Boys

Stone Gossard e a harmonia na comunidade

Na ocasião, o estado atual do senso de comunidade do grunge foi abordado. Ao ser questionado sobre a existência de uma fraternidade entre as bandas sobreviventes da era, Stone Gossard revelou que tem interesse em trocar figurinhas com os colegas da cena, mas isso não acontece no momento. 

“No que diz respeito a relacionamentos pessoais e convívio, não para mim pessoalmente. Mas você não pode ter passado pela mesma experiência – Smashing Pumpkins ou Foo Fighters – e não pensar que seria interessante ter uma conversa ou refletir sobre quais são as coisas que apreciamos uns nos outros ou não. Isso me interessa, mas não está acontecendo atualmente.”

Sobre o grunge

Variação do rock alternativo surgido na cidade de Seattle em meados da década de 1980, o grunge alcançou o mainstream em 1991 com o lançamento dos álbuns “Nevermind”, do Nirvana, e “Ten”, do Pearl Jam. 

Com o destaque comercial do subgênero, bandas como Soundgarden, Alice in Chains e Stone Temple Pilots entraram em evidência, assim como o supergrupo Temple of the Dog, criado com um tributo ao pioneiro Andrew Wood.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO ingrediente que fazia o grunge ser incrível, segundo Stone Gossard (Pearl...
Tairine Martins
Tairine Martinshttps://www.youtube.com/channel/UC3Rav8j4-jfEoXejtX2DMYw
Tairine Martins é estudante de jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Administra o canal do YouTube Rock N' Roll TV desde abril de 2021. Instagram: @tairine.m

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades