A bizarra forma como Gilby Clarke soube que estava fora do Guns N’ Roses

Guitarrista entrou para a banda em 1991, participando da "Use Your Illusion Tour" e permaneceu na formação até 1994

Gilby Clarke entrou para o Guns N’ Roses em 1991, no lugar de Izzy Stradlin. Durante sua passagem pela banda, o guitarrista integrou a turnê “Use Your Illusion” e também participou da gravação do álbum de covers “The Spaghetti Incident?” (1993).

Poucos anos depois, em 1994, o músico saiu do grupo. No fim das contas, ele acabou desligado de uma maneira bizarra.

- Advertisement -

Como relembrou para a Guitar World, tudo começou quando compôs algumas músicas e as ofereceu para os colegas, já desgastados pela rotina. À época, o vocalista Axl Rose negou o material, que virou o primeiro álbum solo do instrumentista, “Pawnshop Guitars” (1994).

Enquanto terminava as gravações do projeto, o clima passou a mudar. Certo dia, o guitarrista Slash ligou para Gilby, dizendo que ele estava fora da banda por causa de Axl, mas não demorou para que o telefonasse novamente e explicasse que a decisão não passava de um mal-entendido. 

“Quando eu estava encerrando o disco, Slash me ligou e disse: ‘ei, Axl mudou os planos. Ele quer ir em uma direção diferente, não quer soar com as primeiras músicas e não quer mais você na banda. Pensei, ‘ok, o que eu fiz?’. Uma semana depois, Slash liga de volta, dizendo: ‘esqueça tudo isso, está tudo bem, não se preocupe, conversei com Axl’.”

Contudo, o músico parou de receber o pagamento e logo ligou os pontos: não integrava mais o Guns. Em suas palavras, simplesmente não houve uma demissão ou um comunicado formal:

“Depois, os meus cheques pararam de chegar. Pensei ‘ah, tudo bem, acho que estou fora da banda’. Então eu nunca fui demitido do Guns, meus cheques simplesmente pararam de chegar, e foi muito estranho. Eu não sei… Axl só queria ir em uma direção diferente, e foi isso.”

Ao podcast Cathouse Hollywood (via Ultimate Guitar), em 2019, Gilby forneceu outros detalhes, como o desgaste da banda antes mesmo de sua saída ser cogitada:

Leia também:  Morre Nelson Brito, baixista do Golpe de Estado

“Quando a turnê acabou, a banda acabou. Foi minha conclusão honesta. Duff, fisicamente, estava terrível. Seu alcoolismo era terrível. Não acho que ele tinha muito tempo restante. Axl e Slash não se encaravam olho no olho. Axl via a banda de um jeito e Slash, de outro. Não era algo como eu tentando estar no meio: estava ‘fraturado’, sabe?. Daí, Slash marcou uma reunião comigo e me disse: ‘Axl não te quer mais na banda, não sei o motivo, de verdade, então apenas lide com isso – não digo que será permanente, mas é isso’. Axl também não curtia o material de Slash, mas Axl não estava tirando Slash da banda por isso. Basicamente, eles não me demitiram, só pararam de me pagar.”

Sobre Gilby Clarke

Nascido em Columbus, Ohio, Estados Unidos, Gilbert J. Clarke gravou com bandas como Candy, Kill For Thrills e The Loveless no início da carreira. O grande momento nos holofotes ocorreu quando substituiu Izzy Stradlin no Guns N’ Roses. Fez a turnê dos álbuns “Use Your Illusion” (1991) e participou do disco de covers “The Spaghetti Incident?” (1993).

Lançou uma série de discos solo. O mais bem-sucedido foi “Pawnshop Guitars” (1994), de quando ainda fazia parte do coletivo de Axl Rose e companhia. Já o mais recente, “The Gospel Truth”, saiu em 2021.

Na primeira década do século participou do supergrupo Rockstar Supernova, que também contava com o baixista Jason Newsted (ex-Metallica) e o baterista Tommy Lee (Mötley Crüe). O projeto lançou apenas um trabalho de estúdio.

Gravou e excursionou com nomes como Slash’s Snakepit, MC5, Nancy Sinatra e Heart. Ainda produziu L.A. Guns e Vains Of Jenna, entre outros.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA bizarra forma como Gilby Clarke soube que estava fora do Guns...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades