Mustaine explica por que está “100% satisfeito” com Teemu Mäntysaari no Megadeth

Líder da banda tem a tradição de sempre exaltar o novo guitarrista como o melhor com que já tocou

Desde a entrada de Teemu Mäntysaari no lugar de Kiko Loureiro, Dave Mustaine não fez questão de esconder a felicidade com o novo colega. É uma tradição o líder do Megadeth sempre mencionar o guitarrista do momento como o melhor com que já tocou. Embora não tenha dito exatamente isso, ele vem deixando clara sua empolgação.

Em entrevista à versão grega da revista Rock Hard, o assunto veio à pauta novamente. Tudo começou quando o frontman foi questionado se o finlandês irá participar do processo criativo que desencadeará no próximo álbum de estúdio da banda.

- Advertisement -

Eis a resposta, conforme repercussão do Blabbermouth:

“Sim, acho que ele vai ser uma ótima adição ao Megadeth. Já está sendo. Estamos tocando mais músicas agora do que antes. E isso não tem nada de negativo sobre nenhuma das formações anteriores. Só diz que ele sabia mais sobre a banda e entende a espinha dorsal metal de muitas dessas músicas mais do que algumas das outras pessoas entenderiam.”

A seguir, Mustaine citou nominalmente titulares anteriores do posto, estabelecendo uma comparação.

“Quando você é um cara do metal, eu acho que você entende mais de composições do estilo do que alguém que, digamos, por exemplo, conhece rock progressivo como Chris Broderick conhece. Ou alguém que conhece bossa nova, como Kiko Loureiro, ou jazz como Glen Drover, talvez Al Pitrelli. Todos esses caras têm seus pontos fortes.”

Sendo assim, um retorno do músico mais famoso que passou pela função – e se reuniu com o grupo ano passado em ocasiões especiais – está fora de cogitação.

“Alguns fãs entenderam errado quando nos reencontramos com Marty Friedman e passaram a ter esperanças em sua volta. Mas ele tem o próprio trabalho e eu estou 100% satisfeito com Teemu.”

Leia também:  A nova banda que deixou James Hetfield surpreso e feliz

Dave Mustaine e Teemu Mäntysaari

Em entrevista anterior, ao site grego Rocking.gr, Dave já havia exaltado o espírito headbanger do novo colega em comparação a Kiko Loureiro.

“Há muitas diferenças entre os dois guitarristas. Todos os guitarristas que foram alunos e ex-guitarristas do Megadeth tinham algo único sobre eles. Mas encontrar alguém que realmente ama o metal tanto quanto eu, fazia muito, muito tempo…Se formos voltando, Kiko não era realmente um cara do metal. 

Desta vez, a retrospectiva de ex-membros foi ainda mais longa.

Chris Broderick era meio metal, mas era mais progressivo. Antes dele havia Glen Drover, que era um pouco metal, mas ele tinha algo acontecendo com sua saúde e não pôde continuar. E então tivemos outros caras… Jeff (Young), Chris (Poland)… esses caras eram grandes músicos, mas não eram realmente metal, metal, metal. Marty (Friedman) era bem metal, mas ele gostava mesmo de música asiática, coisas japonesas e dessa parte do mundo.

Teemu, para mim… eu realmente não sei muito sobre ele, mas sei que ele toca essas músicas exatamente como elas foram gravadas, o que é algo que nenhum dos outros guitarristas fez. Alguns dos solos eram meio difíceis para eles tocarem e eles fizeram o melhor que podiam. Tem uma entrevista que vi recentemente com um de nossos antigos guitarristas dizendo que eles fizeram o melhor que podiam nos solos e colocaram suas impressões neles. E isso, para mim, não acho que seja respeitoso com a canção.”

Conhecido por seu trabalho com o Wintersun, Teemu Mäntysaari chegou ao Megadeth em setembro de 2023, inicialmente substituindo Kiko Loureiro só em alguns shows. O brasileiro confirmou seu desligamento oficial do grupo em novembro, permitindo assim que Teemu fosse efetivado na banda.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasMustaine explica por que está “100% satisfeito” com Teemu Mäntysaari no Megadeth
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades