Álbum clássico do Blind Guardian some das plataformas digitais

Lançado em 1998, “Nightfall in Middle-Earth” não pode ser mais ouvido em streamings como Spotify, Deezer, Apple Music e Tidal

Um dos álbuns mais aclamados do Blind Guardian não está mais nas plataformas digitais. “Nightfall in Middle-Earth”, sexto disco de estúdio da banda alemã de power metal, não pode ser reproduzido em streamings como Spotify, Deezer, Apple Music e Tidal.

­

- Advertisement -

Fãs em redes sociais começaram a repercutir o “sumiço” na última segunda-feira (3). Nenhuma explicação foi apresentada pela banda ou pelas ferramentas de streaming. Os demais onze álbuns de estúdio seguem à disposição, assim como trabalhos ao vivo.

Não é incomum que discos deixem de estar presentes em plataformas de streaming por alguns dias até que retornem. No fim de 2023, aconteceu o mesmo com cinco trabalhos do Iron Maiden: “Live After Death” (1985), “No Prayer For the Dying” (1990), “Rock in Rio” (2002), “Death on the Road” (2005) e “The Book of Souls” (2015).

A presença do catálogo de um grande artista em uma plataforma de streaming depende de contratos que envolvem as gravadoras e editoras. Em muitos casos, a obra de um músico ou banda pertence a várias empresas do ramo.

Não se sabe ao certo como é o caso do Blind Guardian. É de conhecimento público que “Nightfall in Middle-Earth” saiu pela Virgin / Century Media, sendo que o álbum de 1998 foi o penúltimo a ser disponibilizado através dos selos — a partir de “A Twist in the Myth” (2006), a banda se vinculou à Nuclear Blast, com quem segue até os dias de hoje. Outros trabalhos do período com a Virgin / Century Media permanecem acessíveis nas plataformas.

Leia também:  Bill Berry admite arrependimento por ter deixado o R.E.M.

Blind Guardian e “Nightfall in Middle-Earth”

Lançado em 28 de abril de 1998, “Nightfall in Middle-Earth” é um álbum conceitual baseado em “O Silmarillion”, coletânea de obras literárias de J. R. R. Tolkien. Além das músicas, o disco traz partes faladas que narram trechos da história.

“Nightfall in Middle-Earth” foi o primeiro trabalho do Blind Guardian a ser lançado nos Estados Unidos. Também foi o primeiro a entrar no top 10 das paradas alemãs — mais especificamente, em sétimo lugar.

“Mirror Mirror” foi o seu único single e ganhou um videoclipe que traz a versão reduzida da canção. Estima-se que o álbum tenha vendido mais de 400 mil cópias mundialmente.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasÁlbum clássico do Blind Guardian some das plataformas digitais
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

3 COMENTÁRIOS

  1. Na vdd eles assinaram com a Nuclearblast no álbum seguinte ao ANATO. inclusive atrás do ANATO tem o selo da Virgin no canto superior esquerdo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades