Comissão da Câmara aprova moção de repúdio contra show de Madonna no Rio

Documento critica “viés erótico” da apresentação que levou 1,6 milhão de pessoas à Praia de Copacabana

A Comissão de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família da Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (22), um moção de repúdio contra o show de Madonna no Rio de Janeiro, ocorrido no último dia 4 de maio na Praia de Copacabana.

O requerimento foi apresentado pelos parlamentares Chris Tonietto (PL-RJ), Cristiane Lopes (União-RO), Clarissa Tércio (PP-PE), Dr. Allan Garcês (PP-MA) e Julia Zanatta (PL-SC). O texto também cita Anitta e Pablo Vittar, que participaram da apresentação, assim como o governador Claudio Castro (PL) e o prefeito Eduardo Paes (PSD).

- Advertisement -

O documento enfatiza que a cantora teria promovido “vilipêndio à fé da maioria da população brasileira, e do conteúdo nocivo apresentado, de forte viés erótico”. Diz um trecho, conforme registro do Uol:

“O caráter erótico e de inspiração pornográfica de suas coreografias – que simulavam posições sexuais e verdadeiras orgias no palco -, além de torná-las impróprias à audiência mais jovem da apresentação – que foi transmitida em rede nacional, sendo acompanhada por milhões de brasileiros de todas as idades, inclusive crianças -, ofende gravemente os princípios morais da maioria da população brasileira, e mesmo o mínimo padrão de decência necessário a uma convivência social harmoniosa.”

Leia também:  R.E.M. se reúne para primeira apresentação ao vivo em 15 anos; veja como foi

Madonna no Rio de Janeiro

O derradeiro show da “The Celebration Tour” levou 1,6 milhão de pessoas a Copacabana. Conforme registros da imprensa, o valor total da produção girou em torno de R$ 60 milhões. O governo e a prefeitura entraram com R$ 10 milhões cada. A maior parte dos custos ficou a cargo do Banco Itaú. Estima-se que a economia local, entre trabalhos diretos e indiretos, tenha lucrado valor próximo a R$ 300 milhões.

Vale ressaltar que vários apoiadores dos proponentes da moção estavam presentes para assistir ao espetáculo. Entre eles, foram vistos no local o senador Jorge Seif (PL-SC); o advogado e ex-assessor do ex-presidente Jair Bolsonaro, Fábio Wajngarten; o presidente nacional do União Brasil, Antonio Rueda e o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG).

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasComissão da Câmara aprova moção de repúdio contra show de Madonna no...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

2 COMENTÁRIOS

  1. É um absurdo isso tudo ! Esqueceram o dinheirão que a Madonna doou para o povo gaúcho ? Isso sim importou e muito ! Crianças não precisavam assistir o show, os pais que não gostaram é que deveriam proibir seus filhos de verem o tal show.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades