Festival de rock nos EUA anuncia áreas onde mosh é permitido ou proibido

Rock Fest tinha política de reprimir prática, mas decidiu mudar regras para edição deste ano, que acontece no próximo mês de julho

O festival Rock Fest, realizado em Cadott, cidade no estado americano de Wisconsin, anunciou algumas regras quanto à prática de mosh pits (também conhecidas no Brasil como rodas punk) durante o evento.

Até então, a ação era expressamente proibida. A partir da próxima edição — marcada entre os dias 17 e 20 de julho —, será permitida desde que em áreas específicas. 

- Advertisement -

Em comunicado (via Loudwire), a organização explicou que a mudança ocorreu devido aos feedbacks dos fãs. Ainda assim, por alegadas questões de segurança, os moshs devem ficar restritos a certas zonas, previamente indicadas. Movimentos considerados “mais agressivos” continuam não autorizados. 

Diz o texto:

“No passado, mantivemos cautela no Rock Fest para garantir a segurança de todos, que é nossa principal prioridade. Sabemos, no entanto, que o mosh é fundamental na experiência de muitos de vocês. Ouvimos os feedback e estamos entusiasmados em apresentar uma área de moshing no Budweiser Boneyard Stage como um teste. Isso nos permite abraçar a energia do mosh, mantendo um ambiente seguro para todo o público. Estamos criando áreas designadas em que os mosh são permitidos e proibidos, garantindo que todos ainda possam desfrutar do show de perto.”

Por favor, notem que, para a segurança de todos, danças hardcore ou moshs pesados não serão permitidos. Vamos curtir com responsabilidade, ficar de olho em nossos irmãos e irmãs e fazer disso uma adição memorável ao Rock Fest 2024!”

Rock Fest e mosh pits

Conforme destacado pela NME, o Rock Fest, fundado em 1994, tem um histórico de restrições. Mosh pits, death walls e circles of death eram todos reprimidos nas instalações do evento. Relatos no Reddit escritos por fãs que já compareceram reforçaram tal política. 

Entre as atrações de 2024, estão Jelly Roll, Shinedown, Thirty Seconds to Mars, Parkway Drive, 311, Chevelle, Beartooth, Vince Neil, entre outras. O lineup completo pode ser conferido abaixo, por ordem alfabética: 

  • 2 Live Crew
  • 311
  • Alborn
  • Amerakin Overdose
  • Another Day Dawns
  • Atreyu
  • Austin Meade
  • Ayron Jones
  • Beartooth
  • Blue Felix
  • Burning Witches
  • Chevelle
  • Citizen Kane
  • City Of The Weak
  • Cold
  • Cowboys From Hell
  • Crossbreed
  • Cultus Black
  • Dead Amsterdam
  • Dirty Honey
  • Domidium
  • Evernoir
  • Eyes Light Midnight
  • Feel
  • Fever 333
  • From Ashes To New
  • Gabriel And The Apocalypse
  • Gravezig
  • Heartsick Heroine
  • Holy Wars
  • I See Stars
  • Ignescent
  • Illusions Of Grandeur
  • Jelly Roll
  • Kazha
  • Killakoi
  • Killswitch Engage
  • Kingdom Collapse
  • Krool Fool
  • Leaving Hope
  • Liliac
  • Living Dead Girl
  • Lockjaw
  • Motherwind
  • Motorcityhead
  • Neverwake
  • Nine Left Dead
  • Parkway Drive
  • Psychostick
  • Quiet Riot
  • Reing Of Z
  • Sabbatha
  • Saul
  • Sevendust
  • Sepsiss
  • Shallow Side
  • Shinedown
  • Silent Theory
  • Siin
  • Sleep Theory
  • Softspoken
  • Stabbing Westward
  • Struggle Jennings
  • The Hybrid Theory
  • The HU
  • The Rumours
  • Thirty Seconds To Mars
  • True Villians
  • Twinspan
  • Upon A Burning Body
  • Vince Neil
  • Who’s Who
  • Xaeto

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

Leia também:  Anthrax realiza 1º show com Dan Lilker em 40 anos; veja setlist e vídeos
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasFestival de rock nos EUA anuncia áreas onde mosh é permitido ou...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades