Linkin Park pode voltar com cantora na vaga de Chester, diz vocalista do Orgy

“Ouvi dizer que eles têm uma cantora mulher agora”, afirma Jay Gordon, que já se envolveu com a banda no passado

Como o Linkin Park não anunciou oficialmente seu encerramento após a morte do vocalista Chester Bennington, vez ou outra surgem rumores de uma possível volta. Quase sete anos se passaram e o grupo ainda não se reuniu.

Ainda assim, uma nova fonte decidiu se pronunciar sobre o assunto. Jay Gordon, cantor do Orgy que chegou a trabalhar com o Linkin Park, disse ter ouvido falar que os colegas pretendem retomar as atividades em conjunto. Para a vaga de Bennington, uma mulher de nome não revelado estaria sendo considerada.

- Advertisement -

O assunto foi abordado por Gordon em entrevista ao programa “Wired in the Empire”, da rádio KCAL 96.7. Conforme transcrição do Loudwire, o músico — que levou o Linkin Park para sua primeira turnê e remixou “Pts.OF.Athrty” para o álbum “Reanimation” (2002) — afirmou:

“Eles (os integrantes do Linkin Park) são caras muito, muito legais e obviamente uma ótima banda. Eles já existem há muito tempo e ainda estão dispostos a correr atrás. Vai ser difícil sem Chester, mas veremos. Ouvi dizer que eles têm uma cantora mulher agora. Foi isso que ouvi.”

Em seguida, o apresentador do programa refletiu sobre a possibilidade de o Linkin Park, de fato, retornar algum dia. Gordon acabou voltando atrás do que disse, mas nem tanto.

Leia também:  O ingrediente que faz o AC/DC ser fenomenal, segundo Carlos Santana

“Não me cite dizendo que eles vão voltar. Não tenho certeza de quem será a cantora, mas ouvi dizer que seria uma mulher. Eles podem simplesmente tentar seguir em frente assim. Isso deveria ser interessante.”

Linkin Park sem Chester Bennington

O Linkin Park segue em hiato desde 2017, quando o vocalista Chester Bennington tirou a própria vida aos 41 anos. No momento, os integrantes não têm nenhum plano de retomar as atividades. Porém, não descartam a possibilidade de trabalhar juntos novamente em algum momento futuro.

A banda se mantém ativa apenas enquanto marca, com relançamentos de seus primeiros álbuns, “Hybrid Theory” (2000) e “Meteora” (2003), disponibilizados respectivamente em 2020 e 2023. Os materiais apresentam algumas canções inéditas — como “She Couldn’t”, “Lost” e “Fighting Myself” — em meio a remasterizações e outras gravações adicionais.

Leia também:  Edu Falaschi anuncia show em SP da turnê “Rebirth Live in SP Revisited”

Além disso, uma faixa inédita das sessões de “One More Light” (2017), “Friendly Fire”, foi liberada como parte da coletânea “Papercuts (Singles Collection 2000–2023)”, a ser liberada no próximo dia 12 de abril.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasLinkin Park pode voltar com cantora na vaga de Chester, diz vocalista...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades