Vocalista do Orgy volta atrás em comentários sobre Linkin Park ter nova cantora

Jay Gordon tentou transferir a culpa da repercussão ao entrevistador, afirmando ter sido tirado do contexto em sua fala

O vocalista do Orgy, Jay Gordon, publicou uma retratação sobre recentes comentários seus que viralizaram. Durante entrevista ao programa “Wired in the Empire”, da rádio KCAL 96.7, o músico declarou que o Linkin Park pretendia retomar atividades em breve com uma cantora ocupando o lugar de Chester Bennington, falecido em 2017.

Após a repercussão, o artista resolveu ir ao seu Facebook tentar explicar o que quis dizer. Apesar de claramente ter falado o que o mundo entendeu, o frontman partiu em uma tentativa de tentar descredibilizar a própria informação, se valendo do velho clichê sobre ter sido “interpretado fora de contexto”.

- Advertisement -

Ele disse, conforme transcrição do Loudwire:

“Em relação a esse negócio do vocalista do Linkin Park. Não sei nada sobre isso. As pessoas amam tirar minhas palavras de contexto. Amo aqueles caras e desejo tudo de melhor a eles. Fiquei surpreso com as reações. Não disse nada em relação a saber algo sobre o assunto e nunca trouxe nada à tona. Amo Chester e jamais haverá alguém como ele. Estranho que aquele cara tenha me dito algo sobre isso e não o contrário. Cai na real, cara! Não foi legal.”

Na seção de comentários, complementou:

“Desejo a eles nada além do melhor desde uma perda tão terrível e trágica. Ele era um amigo. Um cara tão lendário em muitos aspectos. Ainda fico chateado com isso. Estas são minhas próprias palavras. Não é uma história exagerada para fazer as pessoas se envolverem. Eu nunca falaria em nome de outra banda. Eles se comunicam muito bem sozinhos. Se algo assim acontecer, espero que sejam ELES que divulguem a notícia. Eu com certeza não faria isso com eles ou com qualquer pessoa. A conjuração de cliques nunca foi meu forte, então nunca mais tire minhas palavras do contexto, mano.”

A fala de Jay Gordon

Apesar de tentar se colocar em uma posição diferente, a fala de Jay Gordon foi muito clara quanto ao tema. O músico — que levou o Linkin Park para sua primeira turnê e remixou “Pts.OF.Athrty” para o álbum “Reanimation” (2002) — afirmou:

Leia também:  James Hetfield faz tatuagem com cinzas de Lemmy Kilmister

“Eles (os integrantes do Linkin Park) são caras muito, muito legais e obviamente uma ótima banda. Eles já existem há muito tempo e ainda estão dispostos a correr atrás. Vai ser difícil sem Chester, mas veremos. Ouvi dizer que eles têm uma cantora mulher agora. Foi isso que ouvi.”

Em seguida, o apresentador do programa refletiu sobre a possibilidade de o Linkin Park, de fato, retornar algum dia. Gordon acabou voltando atrás do que disse, mas nem tanto.

“Não me cite dizendo que eles vão voltar. Não tenho certeza de quem será a cantora, mas ouvi dizer que seria uma mulher. Eles podem simplesmente tentar seguir em frente assim. Isso deveria ser interessante.”

Linkin Park sem Chester Bennington

O Linkin Park segue em hiato desde 2017, quando o vocalista Chester Bennington tirou a própria vida aos 41 anos. No momento, os integrantes não têm nenhum plano de retomar as atividades. Porém, não descartam a possibilidade de trabalhar juntos novamente em algum momento futuro.

Leia também:  Aerosmith lançou “Get a Grip” há 31 anos; veja outros fatos da música em 20 de abril

A banda se mantém ativa apenas enquanto marca, com relançamentos de seus primeiros álbuns, “Hybrid Theory” (2000) e “Meteora” (2003), disponibilizados respectivamente em 2020 e 2023. Os materiais apresentam algumas canções inéditas — como “She Couldn’t”, “Lost” e “Fighting Myself” — em meio a remasterizações e outras gravações adicionais.

Além disso, uma faixa inédita das sessões de “One More Light” (2017), “Friendly Fire”, foi liberada como parte da coletânea “Papercuts (Singles Collection 2000–2023)”, a ser liberada no próximo dia 12 de abril.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasVocalista do Orgy volta atrás em comentários sobre Linkin Park ter nova...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades