A melhor realização de Jimmy Page fora do Led Zeppelin, segundo o próprio

No fim das contas, guitarrista acabou escolhendo momento que envolveu a música de sua banda, de qualquer modo

A carreira de Jimmy Page está conectada ao Led Zeppelin de uma forma que nenhum dos outros três integrantes da história da banda jamais esteve. Não apenas por ter sido líder e principal compositor do grupo: tudo que o músico fez antes convergiu para a criação de um esquadrão de astros que fosse capaz de reproduzir o som que estava em sua cabeça e mudou a história do rock.

Ainda assim, a história do guitarrista não deixa de ter outros momentos de valor. Entre projetos e parcerias, muito material foi criado e obteve repercussão. Ainda assim, até na hora de escolher um momento de valor fora do quarteto, a escolha acaba tendo algum tipo de conexão.

- Advertisement -

Em sessão de perguntas e respostas promovida pela revista Uncut em 2017, Page foi questionado sobre qual seria sua maior realização à parte do zepelim de chumbo. Ele respondeu:

“É difícil dizer. Há tantas áreas diferentes, fica difícil. Eu surpreenderia a todos, mas seria muito sincero se dissesse que tocar nas Olimpíadas com Leona Lewis foi fenomenal. Ela é realmente corajosa, excelente e cantou ‘Whole Lotta Love’ de maneira brilhante. Na verdade, conseguimos fazer toda a extensão de ‘Whole Lotta Love’ – não foi editada nem nada parecido – e ela cantou lindamente. Foi tão legal a maneira como ela abordou a música.”

Olimpíada de Pequim 2008

O número em questão foi realizado na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Pequim, na China, dia 24 de agosto de 2008. Na ocasião, Jimmy foi um dos convidados ingleses da festa, já que Londres era a sede da edição seguinte, em 2012. Como é tradição, o novo anfitrião se apresenta na despedida do vigente.

Leia também:  A opinião de David Gilmour sobre Roger Waters enquanto baixista

“Para esse público, e pelo fato de não termos estragado tudo… pensamos ‘nós realmente vamos fazer isso e vamos fazer com orgulho’. Isso foi importante. Era um número do Led Zeppelin, mas assumiu outra personalidade… Fiquei muito orgulhoso de poder tocar aquele riff no evento.”

Sobre Jimmy Page

Nascido em Heston, Middlesex, Inglaterra, James Patrick Page se destacou como músico de estúdio, acompanhando uma série de nomes históricos da música. Foi guitarrista do The Yardbirds de 1966 a 1968, permanecendo até o primeiro encerramento das atividades do grupo.

A consagração definitiva veio como o idealizador do Led Zeppelin, uma das bandas mais influentes da história. Expandiu suas atividades através da obra do quarteto, se tornando um nome prestigiado para além da arte em si.

Leia também:  O que Steve Vai mais admira em Ritchie Blackmore como guitarrista

Após o desfecho trágico do conjunto, realizou uma série de trabalhos solo, além de ter tocado em projetos como o The Firm e o Coverdale-Page. Também reeditou brevemente a parceria com Robert Plant. Ainda gravou e excursionou com Rolling Stones, The Black Crowes e Foo Fighters, entre outros.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA melhor realização de Jimmy Page fora do Led Zeppelin, segundo o...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades