A curiosa razão pela qual Shawn Crahan não queria filho ouvindo metal logo de cara

Simon Crahan é baterista do Vended, que também conta com o filho de Corey Taylor, Griffin, nos vocais

Além de filho de Shawn Crahan, Simon Crahan é reconhecido como baterista do Vended, banda que vem se destacando em anos recentes na cena metálica. O que ninguém sabia até agora é que o percussionista e líder do Slipknot não queria que o rebento fosse um headbanger logo de cara.

A revelação foi feita pelo próprio descendente da figura conhecida publicamente como Clown. Ela aconteceu durante entrevista a Nik Nocturnall, que também contou com a participação do vocalista do Vended, Griffin Taylor, filho de outro integrante do Slipknot, o cantor Corey Taylor.

- Advertisement -

Disse o instrumentista, conforme transcrição do Rock Celebrities:

“Quando criança, meu pai não queria que eu ouvisse metal imediatamente. Ele preferia que eu me acostumasse com outras coisas antes. Desejava que eu descobrisse o Slipknot por conta própria. Só depois passou a me mostrar músicas e dizia: ‘Este é o seu pai’. Aí ele via se eu gostava ou não.”

No fim das contas, de qualquer modo, ele se tornou um fã.

Leia também:  James Hetfield faz tatuagem com cinzas de Lemmy Kilmister

“Foi assim que eu soube que era um Maggot (nome com o qual o fandom é reconhecido). Ainda me sinto um fã, mesmo sendo filho dele. E essa é a sensação maluca. Costumo escutá-los o tempo todo simplesmente porque me faz sentir bem.”

As músicas que os Crahan escutavam

A seguir, Simon revelou o que costuma ouvir com o pai quando estava formando seu gosto musical.

“Meu pai sempre foi muito bom em me mostrar músicas novas todos os dias. Apresentou-me o Skrillex, depois me mostrou o Helmet, o Snot, todas essas bandas diferentes. Sou muito grato por isso, porque ele me fez amar jazz, música clássica e todos esses gêneros diferentes, em vez de apenas gostar de metal.”

Respondendo a mesma questão, Griffin revelou que sua experiência foi semelhante, mas não se limitou ao gosto musical de Corey. Ele afirmou que cresceu ouvindo Gimme Gimmes, Paul Simon e Cat Stevens por causa dos gostos de sua mãe. Só depois foi apresentado a artistas de hard rock e metal.

Leia também:  Mateus Asato critica artistas solo que escondem músicos de apoio em shows

Sobre o Vended

Além de Simon e Griffin, o Vended conta com o baixista Jeremiah Pugh e os guitarristas Cole Espeland e Connor Grodzicki. O lançamento mais recente foi a música “Am I the Only One?”, que pode ser conferido clicando aqui.

Fundado em 2018, o grupo alcançou grande repercussão ao participar do festival virtual Pulse of the Maggots, em 2020. A apresentação obteve mais de 100 mil visualizações.

Até o momento, a banda lançou o EP “What is it/Kill it” em 2021, além dos singles avulsos. Um álbum completo está nos planos, mas não há data especificada para acontecer. Ano retrasado, o quinteto se apresentou no Brasil como parte da edição nacional do Knotfest. Uma resenha do evento pode ser lida clicando aqui.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA curiosa razão pela qual Shawn Crahan não queria filho ouvindo metal...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades