Quem são os homens na capa de “(What’s the Story) Morning Glory?”, do Oasis

Ideia do registro partiu do fotógrafo Brian Cannon, que colaborou com a banda em seus primeiros discos

As capas dos três primeiros álbuns de estúdio do Oasis – assim como as dos singles – possuem um claro “parentesco”. Embora com características próprias, elas indicam uma linearidade de estilo, causando uma associação imediata à banda dos irmãos Gallagher em seu auge de popularidade.

O idealizador das imagens é o fotógrafo inglês Brian Cannon. As imagens, creditadas à sua empresa Microdot, renderam colaborações em outros discos dignos de nota do pop rock britânico do período. Os mais famosos são “1977” (1996) do Ash e “Urban Hymns” (1997) do The Verve.

- Advertisement -

Falando especificamente de (What’s the Story) Morning Glory?, segundo trabalho de estúdio de Liam, Noel e companhia, chama a atenção o formato de pessoas transitando. A proposta, sugerida pelo guitarrista e compositor, era capturar uma foto que acontecia no início da manhã, no momento que o sol estava nascendo. Mas quem seria aquelas pessoas?

Cruzando a rua, de frente para a câmera, está o DJ Sean Rowley, que era amigo de Noel. O homem de costas é o próprio Brian Cannon, com Michael Spencer-Jones sendo o encarregado de preparar a cena.

Leia também:  Rudolf Schenker explica a diferença entre ele e Michael Schenker

Jones contou à Planet Radio, conforme resgate do Far Out Magazine, o que levou a banda – ou ao menos suas estrelas – a não aparecer:

“Era em torno de cinco da manhã. Eu acho que Noel e Liam estavam divididos em relação à ideia e no final, isso simplesmente não aconteceu. Teria sido interessante se eles estivessem na capa.”

Além das naturais discordâncias, é preciso ressaltar que o grupo estava em turnê na época, o que pode ter causado um desajuste nas agendas.

O homem escondido na imagem

Além de Sean e Brian, há outra pessoa na imagem. Se você olhar para a calçada do lado esquerdo há um homem praticamente fotografando a foto, segurando um enorme quadrado cinza sobre a cabeça.

Trata-se de Owen Morris, o produtor do disco. Segundo a lenda, ele teria ido até lá e o que tem em mãos seria a fita master do álbum, o que significa que você está dando uma olhada nas mixagens finais antes mesmo de ouvir uma nota do música.

Leia também:  Steve Hackett é hospitalizado antes de show, mas diz estar bem

Oasis e “(What’s the Story) Morning Glory?”

“(What’s the Story) Morning Glory?” chegou ao topo da parada britânica, onde permaneceu por 10 semanas. Estabeleceu o recorde de vendas de primeira semana no Reino Unido, com 345 mil cópias comercializadas em apenas 7 dias.

Nos Estados Unidos, onde a banda nunca gozou do mesmo prestígio de sua terra natal, chegou ao quarto lugar do Billboard 200 e vendeu, até hoje, 4 milhões de cópias – marca similar atingida no Reino Unido, em registros recentes, com 4,9 milhões de unidades.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesQuem são os homens na capa de “(What’s the Story) Morning Glory?”,...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades